Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Empresa chinesa faz peças para F-35? Revelação surge em meio a polêmicas envolvendo Huawei

Em meio à briga contínua entre os EUA e a gigante tecnológica chinesa Huawei, classificada como ameaça à segurança por Washington, verificou-se que uma subsidiária com sede no Reino Unido de uma companhia chinesa fabrica peças para os jatos americanos F-35.
Sputnik

Trata-se da companhia chinesa Exception PCB, com sede no condado britânico de Gloucestershire, que fabrica placas de circuitos que controlam os motores, iluminação, combustível e sistemas de navegação dos caças F-35 – o sistema de armas mais caro já feito.

De acordo com a emissora britânica Sky, citando materiais divulgados pelo Ministério da Defesa do Reino Unido, a empresa que fabrica componentes para os caças da Lockheed Martin foi comprada em 2013 pela companhia chinesa Shenzhen Fastprint, que inclusive já participou da fabricação de caças Eurofighter Typhoon e de helicópteros de ataque Apache.

"A Exception PCB, com sede em Gloucestershire, fabrica placas de circuito impresso que controlam muitas das principais capacid…

Pelicanos comemoram 50 anos



Mais de 300 ex-integrantes do 2°/10° GAv, mais conhecido como Esquadrão Pelicano, responsável pelas missões de busca e resgate em todo o território nacional, estiveram presentes nas comemorações dos 50 anos de serviços da unidade.

O evento, que aconteceu na Base Aérea de Campo Grande, sede dos Pelicanos, contou com a participação de diversas autoridades, civis e militares, que vieram de diversas partes do Brasil.

Para marcar a significativa data, diversos eventos foram realizados. No dia 7 de dezembro, foi feita uma Demonstração Operacional, simulando o resgate de um piloto acidentado.

Foram empregados um helicóptero H-1H, um avião SC-95B Bandeirante, pára-quedistas de resgate entre outros militares. Na simulação, três pára-quedistas saltaram para socorrer a “vítima”.

Depois dos primeiros atendimentos médicos, dois homens de resgate desceram de rapel do H-1H e ajudaram a preparar o “piloto acidentado” para ser içado até o helicóptero.

O evento emocionou os presentes que puderam conhecer melhor o trabalho dos Pelicanos. Para os ex-integrantes do Esquadrão, que estavam presentes, foi uma oportunidade de relembrar as missões das quais participaram nos primórdios do Serviço de Busca e Salvamento no Brasil.

No dia 8, aconteceu a solenidade militar com a participação do Tenente-Brigadeiro-do-Ar Willian, Tenente-Brigadeiro-do-Ar Rolla, Tenente-Brigadeiro-do-Ar Sandim, entre outras autoridades.

Os ex-integrantes do Esquadrão Pelicano, também, participaram do evento, desfilando junto com os militares do Esquadrão. O grupamento foi comandado pelo Tenente-Brigadeiro-do-Ar Rolla.

Os convidados receberam um Livro Histórico e um DVD contando a trajetória dos Pelicanos em seus 50 anos de vida.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas