Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Outubro, 2008

Postagem em destaque

Como funcionam os mísseis de micro-ondas que os EUA podem usar em caso de ataque da Coreia do Norte

Nos arredores da cidade de Albuquerque, no Estado do Novo México, uma equipe de especialistas da Força Aérea americana desenvolve uma arma pouco tradicional, mas que poderia ter um objetivo estratégico: deter os mísseis nucleares da Coreia do Norte.
Lioman Lima | BBC Mundo

Não é um armamento qualquer. Trata-se de um tipo de arma eletromagnética que não é nociva para o ser humano e cuja base de funcionamento é a mesma tecnologia de um forno micro-ondas.


E, segundo diversos especialistas em assuntos militares consultados pela BBC Mundo, o serviço em espanhol da BBC, poderia ser uma alternativa para desativar as armas nucleares de Pyongyang de forma efetiva, sem gerar grandes prejuízos.

O "Projeto de mísseis avançados de micro-ondas de alta potência de interferência eletrônica" (Champ, na sigla em inglês) prepara, em essência, projéteis que emitem ondas de altíssima frequência, capazes de fritar sistemas eletrônicos.

"Tendo em conta o estado da tecnologia no mundo moderno, em q…

Guerra civil no Congo

Exército aluga avião para tropas

PIADA MILITAR

O afiar das facas

Nossa fronteira mais vulnerável

Brasil é “mercado de ouro”, diz relatório

Baterias contra a Justiça Militar

Ministro visita em São Paulo maior fabricante de munição do hemisfério

Falsa guerra rende salários mais altos

Sendero Luminoso mata 14 no sul do Peru

É preciso mais do que retórica

Esquadrão HS-1 participa da “11th Annual International Sea King Maintenance”

Projeto aumenta soldo de generais em 209%

Bagdá diz ter acordado com EUA saída de tropas até 2011

Paraguai "atento" para as manobras brasileiras

RÚSSIA FORNECERÁ BLINDADOS À VENEZUELA

Lima revitaliza frota de aviões russos MiG-29

OPERAÇÃO ALBA III

Exercícios russos no Mar do Norte

Segundo analistas, acordo com a França é erro

Guerra começa a ser montada em Natal

Fuerza Aerea de Chile (FACh) adquirirá 16 F-16 por US$ 170 milhões

Um recado para os vizinhos hostis

Números da Operação Guanabara

Transferências: Contenção de verbas militares não evitará mudanças

Otan nega estar perdendo guerra contra Taleban, mas cobra reforços

O Scorpène chegará ao fim em 2008!

A Aviação do Exército na Amazônia

Plano de Defesa prevê proteção dos recursos energéticos

Incidente aéreo entre Japão e Rússia

Marinha lança concurso para 391 oportunidades para níveis médio e superior

Russos querem aderir a fórum de defesa regional

Defesa pode ter regra especial em licitações

ONU renova a missão no Haiti

Lula anuncia novo plano dia 3 de novembro