Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Junho, 2012

Postagem em destaque

'Sangue e caos': príncipe saudita chama Trump de 'oportunista' por decisão sobre Jerusalém

O ex-chefe da inteligência saudita, o Príncipe Turki al-Faisal, criticou o reconhecimento do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, de Jerusalém como a capital de Israel, em uma das mais acentuadas reações do reino aliado de Washington no Oriente Médio.
Sputnik

Em uma carta a Trump publicada em um jornal saudita nesta segunda-feira, o príncipe Turki, um ex-embaixador em Washington que agora não ocupa nenhum cargo do governo, mas continua influente, chamou a decisão de uma estratagema política doméstica que provocaria violência.


"O derramamento de sangue e o caos definitivamente seguirão sua tentativa oportunista de ganhar eleitoralmente", escreveu o príncipe Turki em uma carta publicada no jornal saudita al-Jazeera.

Trump inverteu décadas de política dos EUA e virou do consenso da crítica internacional na semana passada, reconhecendo Jerusalém como a capital de Israel. A maioria dos países diz que o status da cidade deve ser deixado para negociações entre Israel e os pales…

Síria é acusada pela Turquia de abater avião em águas internacionais

Avião da presidenta Dilma sofre pane

Israel mata militante em Gaza

Autoridades turcas e sírias procuram avião abatido

Regime sírio derrubou caça desaparecido na fronteira, diz Turquia

Militar morre após explosão de mina do Exército no Rio

Liga Árabe pede para Rússia terminar com venda de armas à Síria

Exército compra crianças por US$ 40 em Mianmar

Estados Unidos alocarão mais navios de guerra na Ásia

Submarinos alemães com capacidade nuclear, vendidos a Israel, complicam a vida de Merkel

Conflito na Síria virou guerra civil, diz chefe das forças da ONU

Chefe da Otan não aprova intervenção militar na Síria

SP: cadete da FAB morre ao ser ejetado de avião em solo

Plano de segurança terá a participação de 5 mil militares da Força Aérea

Embraer prepara propostas para concorrência nos EUA

Rússia enviou navio repleto de armas para porto da Síria

Brasil, Colômbia e Peru vão ampliar cooperação militar para segurança da tríplice fronteira