Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Qual será resposta síria a novos mísseis 'inteligentes' dos EUA?

A cada declaração do presidente dos EUA, Donald Trump, sobre seus "mísseis inteligentes", os sistemas de defesa antiaérea sírios terão sua própria resposta de mísseis, o que foi demonstrado pelo país em 14 de abril, assegurou à Sputnik o membro do Conselho Público junto ao Ministério da Defesa da Rússia, Igor Korotchenko.
Sputnik

Mais cedo, Sergei Rudskoy, chefe da Direção-Geral Operacional do Estado-Maior das Forças Armadas russas, disse aos jornalistas que os especialistas russos tinham detectado evidências de 22 mísseis terem atingido alvos, de um total de 105 anunciados pelos EUA, na sequência do ataque aéreo dos EUA e seus aliados.


"Os mísseis podem ser 'inteligentes', mas os sistemas da defesa antiaérea podem ser eficientes, por isso, para cada míssil 'astuto' haverá um míssil guiado, o que foi demonstrado pelo ótimo treinamento profissional dos soldados sírios. Nas declarações de Trump há muita publicidade, e para cada tweet de Trump sobre seus '…

Presidente de Gana anuncia compra do Super Tucano

Serão adquiridos cinco exemplares do turboélice militar da brasileira Embraer, além de nove helicópteros Harbin Z-9 da China, segundo declaração do Presidente John Dramani Mahama


Poder Aéreo

Nesta quarta-feira, 18 de fevereiro, o portal de notícias AGC informou que a Força Aérea de Gana vai comprar cinco aviões de treinamento e ataque Super Tucano, da brasileira Embraer, assim como nove helicópteros Harbin Z-9 chineses. Segundo a AGC, o anúncio da compra foi feito no dia 13 pelo presidente de Gana, John Dramani Mahama.




A informação já havia sido dada em novembro de 2014, porém sem detalhamento das encomendas. Desta vez, porém, o presidente ganês chegou a indicar até mesmo a data de entrega dos helicópteros: junho de 2015. Ele também falou sobre planos de criar uma escola de treinamento de voo em Tamale e de um novo hospital para a Força Aérea de Gana, com 500 leitos, em Kumasi.

Gana já opera 10 helicópteros Mi-17 e 2 aviões de transporte C295, um dos quais está no Mali apoiando a missão da ONU na região (Minusma).


Postar um comentário