Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Pyongyang: 3 porta-aviões perto da Coreia do Norte são uma ameaça de guerra nuclear

A ONU "fecha os olhos aos exercícios de guerra nuclear dos EUA, que estão empenhados em causar um desastre catastrófico para a humanidade", declarou o embaixador norte-coreano na ONU, Ja Song-nam.
Sputnik

As autoridades norte-coreanas classificaram na segunda (13) o deslocamento sem precedentes de 3 grupos de porta-aviões dos EUA para a zona da península da Coreia como uma "postura de ataque".


O representante norte-coreano permanente na ONU, Ja Song-nam, expressou em uma carta enviada ao secretário-geral da ONU o descontentamento do seu governo com os exercícios militares de Seul, Tóquio e Washington. Estes, segundo o diplomata, estão criando "a pior situação para a península da Coreia e seus arredores".

"Os EUA são os principais responsáveis por escalar as tensões e comprometer a paz", declarou Ja Song-nam.

Além da presença de 3 porta-aviões estadunidenses (Nimitz, Ronald Reagan e Theodore Roosevelt), Washington continua realizando voos de bombarde…

Presidente de Gana anuncia compra do Super Tucano

Serão adquiridos cinco exemplares do turboélice militar da brasileira Embraer, além de nove helicópteros Harbin Z-9 da China, segundo declaração do Presidente John Dramani Mahama


Poder Aéreo

Nesta quarta-feira, 18 de fevereiro, o portal de notícias AGC informou que a Força Aérea de Gana vai comprar cinco aviões de treinamento e ataque Super Tucano, da brasileira Embraer, assim como nove helicópteros Harbin Z-9 chineses. Segundo a AGC, o anúncio da compra foi feito no dia 13 pelo presidente de Gana, John Dramani Mahama.




A informação já havia sido dada em novembro de 2014, porém sem detalhamento das encomendas. Desta vez, porém, o presidente ganês chegou a indicar até mesmo a data de entrega dos helicópteros: junho de 2015. Ele também falou sobre planos de criar uma escola de treinamento de voo em Tamale e de um novo hospital para a Força Aérea de Gana, com 500 leitos, em Kumasi.

Gana já opera 10 helicópteros Mi-17 e 2 aviões de transporte C295, um dos quais está no Mali apoiando a missão da ONU na região (Minusma).


Postar um comentário