Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Ministro israelense ameaça devolver Líbano à 'Idade da Pedra'

Em entrevista ao portal saudita Elaph, o ministro da Inteligência de Israel, Yisrael Katz, avisou que seu país não hesitará em atacar o Líbano para deter a atividade do grupo xiita libanês Hezbollah, e ameaçou devolver o Líbano à "Idade da Pedra", informou o jornal israelense Haaretz.
Sputnik

Além disso, Katz anunciou que Israel atacará instalações militares do Irã no Líbano: "Temos informações de que o Irã está construindo fábricas de mísseis avançados no Líbano e quero enfatizar que traçamos uma linha vermelha e que não deixaremos que o faça custe o que custar", acrescentou.


Lembrando-se da Segunda Guerra do Líbano em 2006, onde Israel lutou contra o Hezbollah, Katz destacou que os eventos de 11 anos atrás serão um "piquenique" em comparação com o que Israel pode fazer agora.

"Lembro-me de como um ministro saudita disse que devolveria o Hezbollah às suas cavernas no sul do Líbano. Devolveremos o Líbano à Idade da Pedra", declarou o ministro israel…

Antaq participa da segunda etapa da Operação Amazônia Azul no RS

Antaq

A Antaq participou, no período de 02 a 07 de março, na Região Sul, da segunda etapa da Operação “Amazônia Azul”, realizada pela Marinha do Brasil, sob a coordenação do Comando de Operações Navais.



A segunda etapa da operação, que aconteceu em todo o país, teve por objetivo a fiscalização para cumprimento das leis e regulamentos da autoridade marítima e a repressão a crimes transfronteiriços e ambientais em águas jurisdicionais brasileiras.

As ações no Sul, realizadas na área de jurisdição do Com5ºDN, contaram com a participação da Receita Federal, Polícia Federal, Brigada Militar, ANTAQ (Agência Nacional de Transportes Aquaviários)
, Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais (IBAMA), Polícia Militar do Paraná e Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio).

O especialista da Unidade Regional da Agência em Porto Alegre, José Allama, integrou a força-tarefa nas ações no Rio Jacuí (RS).

Resultados

A Marinha do Brasil divulgou balanço geral sobre a segunda edição da Operação “Amazônia Azul”, realizada na primeira semana de março. A primeira etapa da operação aconteceu no ano passado.

Em todas as águas jurisdicionais do país, foram inspecionadas 8.809 embarcações, sendo 1.281 notificadas e outras 259 apreendidas, além de 27.197 medicamentos distribuídos em ações cívico-sociais, nas quais também foram oferecidos atendimentos médicos e odontológicos a 3,7 mil pessoas.



Postar um comentário