Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Adeus a tecnologias 'stealth': novo radar russo pode detectar aviões furtivos

Tecnologias russas capazes de detectar aviões furtivos do inimigo podem vir a fazer parte do sistema da defesa antiaérea unida da OTSC – Organização do Tratado de Segurança Coletiva, declarou o chefe do Estado-Maior Conjunto da aliança, Anatoly Sidorov.
Sputnik

Inovações russas capazes de desativar tecnologias furtivas do inimigo podem vir a ser usadas na criação do sistema de defesa antiaérea unida da OTSC, declarou militar, citado pelo jornal Rossiyskaya Gazeta. Sidorov comentou que essas inovações seriam eficazes tanto contra aviação do inimigo como contra ataques com mísseis.



O sistema Rezonans-NE funciona graças ao princípio de reflexão ressonante de ondas de rádio da superfície de aparelhos aéreos, facilitando vigilância de aeronaves e mísseis do inimigo, explicou Aleksandr Scherbinko, vice-diretor executivo da empresa de design Rezonans.

"Este modelo pode ser de grande interesse, levando em consideração criação do sistema de defesa antiaérea unida da OTSC, cuja inauguração est…

Chancelaria russa: Moscou tem o direito de instalar armas nucleares na Crimeia

O diretor do departamento de questões de não propagação e controle sobre armamentos do Ministério do Exterior, Mikhail Ulyanov, disse que Moscou tem o direito de colocar armas nucleares na Crimeia.


Sputnik


The Topol M missile system shown at Alabino range near Moscow
© Sputnik/ Iliya Pitalev
Porém acrescentou que ainda não tem informação sobre tais planos, divulga a RIA Novosti.

"Naturalmente a Rússia tem o direito de colocar armas nucleares no seu território se considerar isto necessário, em qualquer região. Mas não tenho nenhumas informações sobre a presença de armas nucleares na Crimeia”, manifestou.


Postar um comentário