Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

ONG: EUA mobiliza terroristas no sul da Síria para atacar Ghouta Oriental

Os militares norte-americanos estão mobilizando combatentes de diversos grupos armados com objetivo de atacar os subúrbios orientais de Damasco, disse à Sputnik o chefe da rede de direitos humanos na Síria, Ahmad Kazem.
Sputnik

"Neste momento os EUA estão juntando os combatentes do Daesh e outros grupos, inclusive os de Idlib, e tenta os transferir para At-Tanf e depois para Ghouta Oriental (subúrbio de Damasco), com objetivo de se contrapor ao exército sírio, que pretende liberar a região dos terroristas", disse Kazem. 


Segundo o defensor dos direitos humanos, os financiadores da Arábia Saudita ordenaram que os terroristas já localizados em Guta Oriental empreendam o máximo dos esforços para resistir às tropas de Damasco.

"Eles continuarão a atacar Damasco de forma caótica com seus morteiros", acrescentou o entrevistado.

Os terroristas, que tomaram o subúrbio oriental de Damasco, continuam a disparar contra os bairros centrais e residenciais da capital síria. Nesta qui…

‘Clarín’ divulga ida de pilotos argentinos à China este mês

Poder Aéreo

O diário portenho Clarín – mais importante jornal argentino –, publicou reportagem ontem (01.03), confirmando o embarque de pilotos argentinos, ainda este mês, para a China, com o objetivo de conhecer de perto os caças FC-1 e J-10B, que estão sendo oferecidos pelo governo de Pequim à Força Aérea Argentina (FAA) para a renovação de sua aviação de combate.


J-10 - 6
Chengdu J-10
Essa informação havia sido dada, com exclusividade, pelo Poder Aéreo no dia 10 de fevereiro (“Argentinos vão à fronteira da China com o Vietnã testar o J-10A”).

A matéria do repórter Guido Braslavsky, intitulada “Argentina evalúa comprar aviones militares a China”, foi publicada na seção de Política do Clarín (http://www.clarin.com/politica/Argentina-evalua-comprar-aviones-militares-chinos_0_1312668796.html).

Ela menciona a repercussão, dentro do Ministério da Defesa argentino, de uma análise do piloto de provas chinês (da reserva), Xu Yongling, publicada no site China Military Online – um blog semi-oficial patrocinado pelo Exército de Libertação Popular da China.

O texto de Yongling, inusitadamente franco, ressalta as qualidades do caça J-10B (evolução do J-10A) e conclui que, diante da possibilidade que se abre à FAA de adquirir o J-10B, qualquer aplicação de recursos no FC-1 (que custa quase a metade do J-10) será “um desperdício”.

Também essas informações também apareceram com exclusividade aqui no Poder Aéreo, no texto “Chineses confirmam negociação com argentinos sobre o caça J-10B”, postado a 17 de fevereiro.


Postar um comentário