Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Su-57 russo supera caças de 5ª geração F-22 e F-35 dos EUA, diz piloto militar

O uso de caças F-22 pela Força Aérea dos EUA na Síria privou este modelo de suas vantagens sobre aeronaves russas, segundo a mídia norte-americana. Em entrevista ao serviço russo da Rádio Sputnik, um piloto militar russo comentou a situação.
Sputnik

A utilização de caças norte-americanos F-22 na Síria privou os EUA das vantagens destes caças em relação aos caças russos, escreveu o jornal Military Watch. Segundo Veralinn Jamieson, tenente-general da Força Aérea dos EUA, os céus do Iraque e da Síria se tornaram "armazém de informações" para russos sobre atuação de caças estadunidenses durante operações.

Segundo o autor do artigo, os russos tiveram bastante tempo para analisar e testar a tecnologia de furtividade dos F-22, além de terem coletado dados sobre o uso da aeronave e encontrado meios de combatê-la. Além disso, a Rússia poderá usar essas tecnologias na fabricação de suas aeronaves.

O artigo enfatiza que os radares dos sistemas de mísseis antiaéreos S-300 e S-400 da Rússia …

Espanha anuncia o envio de militares à República Centro-Africana

O Ministério da Defesa da Espanha confirmou hoje à agência Sputnik que está planejando enviar instrutores militares à República Centro-Africana, palco de violentos conflitos desde a saída do presidente François Bozizé, afastado do poder há dois anos pela coligação de maioria muçulmana Séléka.


Sputnik




Segundo as autoridades espanholas, o seu governo já negociou com a União Europeia a sua participação nessa nova missão que será enviada ao país africano, provavelmente no próximo dia 16, com o objetivo de prestar assessoria ao exército local.

Além da Espanha, França, Geórgia, Sérvia e Suécia também devem mobilizar instrutores para ajudar os militares centro-africanos, mas a participação de outros países europeus não está descartada.



Postar um comentário