Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Por que negociações entre Washington e Pyongyang estão condenadas ao fracasso?

Em vez de proferir mais ameaças, a administração Trump deve mostrar que é um parceiro de negociação confiável, escreve o The National Interest, acrescentando que é importante enviar sinais claros agora.
Sputnik

O presidente norte-americano Donald Trump continua tratando a sua administração como uma brigada de salvamento para a diplomacia internacional, mas os norte-coreanos não são estúpidos e não confiam em promessas, afirma o autor do The National Interest Doug Bandow no seu recente artigo.


"O desmantelamento nuclear da Líbia, em muito forçado pelos EUA no passado, se revelou um modo de agressão por meio da qual os norte-americanos convenceram os líbios com tais palavras doces como 'garantia de segurança' e 'melhoramento das relações' para desarmar o país e depois destruí-lo pela força", conforme notou o Ministério das Relações Exteriores da Coreia do Norte, acrescentando que os norte-coreanos percebem as intenções dos EUA.

O autor, lembrando o caso da Líbia, …

Exército Brasileiro apresenta novo veículo para ser usado na fronteira

O novo veículo blindado do Exército Brasileiro será utilizado no combate ao crime organizado na faixa de fronteira


Correio do Estado

O novo veículo blindado do Exército Brasileiro que será utilizado no combate ao crime organizado na faixa de fronteira, em Mato Grosso do Sul foi apresentado nesta terça-feira. A cerimônia militar de lançamento Blindado Guarani – nome do veículo – aconteceu em Dourados.

Guarani

O veículo foi entregue à 4ª Brigada de Cavalaria Mecanizada, organização que recebeu o projeto piloto de implantação do Sistema Integrado de Monitoramento de Fronteiras (Sisfron), lançado em novembro de 2014, informou a assessoria de comunicação do Comando Militar do Oeste.

“Isso mostra que temos um trabalho de integração e o Sisfron pode ajudar na segurança de nossas fronteiras”, avaliou o governador Reinaldo Azambuja, que esteve presente no evento.

Integrando uma frota de veículos blindados que o Exército está produzindo pelo Sisfron, o Blindado Guarani é um carro de combate anfíbio. Com peso de 18 toneladas e tração 6×6, é capaz de transportar 11 militares. Mais alto, tem capacidade maior de proteção anti-minas.

Comparado a modelos anteriores (Urutu e Cascavel), o Blindado Guarani traz como vantagens proteção blindada superior, maior mobilidade, maior capacidade de transposição de trincheiras, maior capacidade de degrau vertical, maior vão livre, suspensão independente hidropneumática e sistema de freio com disco duplo e ABS.

O veículo vem ainda com ar-condicionado, GPS, sistema automático de detecção e extinção de incêndio, capacidade de operação noturna de série e sistema de detecção de laser. Ele pode ser equipado com torre de canhão automático ou de metralhadora, operada por controle remoto. O modelo pode ser aerotransportado por um avião tipo Hercules C-130.

Sisfron

O Sisfron, em seu projeto piloto no município de Dourados, reúne investimentos de mais de R$ 1,3 bilhão para Mato Grosso do Sul, voltados para aquisição de viaturas e construção de novos Centros de Operações (Dourados, Nioaque, Bela Vista, Ponta Porã e Amambai). Equipamentos de alta tecnologia, como sensores, câmeras de alta precisão, radares e torres de internet também passaram a integrar o quadro de investimentos na Brigada, todos eles para combater o tráfico de drogas entre outros ilícitos nas fronteiras do País.

Depois de implantado, o Sistema irá monitorar permanentemente as fronteiras terrestres, que se estendem por quase 17 mil quilômetros ao longo de dez países, 11 Estados e 588 municípios brasileiros (investimentos federais de R$ 12 bilhões). Em Mato Grosso do Sul são 1.527 quilômetros de fronteira entre Mundo Novo e Corumbá onde o Sisfron irá atuar com o apoio do Governo do Estado.


Postar um comentário