Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Qual será resposta síria a novos mísseis 'inteligentes' dos EUA?

A cada declaração do presidente dos EUA, Donald Trump, sobre seus "mísseis inteligentes", os sistemas de defesa antiaérea sírios terão sua própria resposta de mísseis, o que foi demonstrado pelo país em 14 de abril, assegurou à Sputnik o membro do Conselho Público junto ao Ministério da Defesa da Rússia, Igor Korotchenko.
Sputnik

Mais cedo, Sergei Rudskoy, chefe da Direção-Geral Operacional do Estado-Maior das Forças Armadas russas, disse aos jornalistas que os especialistas russos tinham detectado evidências de 22 mísseis terem atingido alvos, de um total de 105 anunciados pelos EUA, na sequência do ataque aéreo dos EUA e seus aliados.


"Os mísseis podem ser 'inteligentes', mas os sistemas da defesa antiaérea podem ser eficientes, por isso, para cada míssil 'astuto' haverá um míssil guiado, o que foi demonstrado pelo ótimo treinamento profissional dos soldados sírios. Nas declarações de Trump há muita publicidade, e para cada tweet de Trump sobre seus '…

Exércitos de Níger e Chade iniciam ofensiva contra Boko Haram

Exércitos do Níger e Chade iniciaram uma ofensiva terrestre de grande escala, com o apoio da Força Aérea, contra militantes do grupo terrorista Boko Haram no nordeste da Nigéria, informou neste domingo a agência France-Presse.


Sputnik

Hoje de manhã cedo, forças do Níger e Chade iniciaram uma ofensiva contra militantes do Boko Haram nas áreas das cidades de Bosso e Diffa – disse uma fonte no governo de Níger citada pela AFP.


Miltantes do Boko Haram
© AP Photo/ AP Photo/Boko Haram,File

Um comboio de mais de 200 veículos, inclusive tanques, veículos médicos e de abastecimento, dirigiram-se para a fronteira com a Nigéria. A Força Aérea está pronta a efetuar golpes contra posições do Boko Haram, diz-se num comunicado pela emissora Anfani situada em Diffa.

A decisão de iniciar uma ofensiva surgiu após informações sobre o juramento do líder do Boko Haram Abubakar Shekau ao grupo terrorista Estado Islâmico.

O Boko Haram, um grupo extremista sunita do norte da Nigéria, já provocou a morte de milhares de pessoas durante os últimos anos com o objetivo de estabelecer um califado islâmico. Recentemente, a organização decidiu estender sua área de atuação para outros territórios, atacando regiões do Níger, de Camarões e do Chade, país que tem um dos melhores exércitos da região. Os Estados Unidos estimam que o Boko Haram tenha entre 4 mil a 6 mil combatentes, embora estejam bem equipados depois de atacar posições do Exército da Nigéria.

O grupo terrorista Estado Islâmico, anteriormente designado por Estado Islâmico do Iraque e do Levante, foi criado e, inicialmente, operava principalmente na Síria, onde seus militantes lutaram contra as forças do governo. Há alguns meses, aproveitando o descontentamento dos sunitas iraquianos com as políticas de Bagdá, o Estado Islâmico lançou um ataque maciço em províncias do norte e noroeste do Iraque e ocupou um vasto território. No final de junho, o grupo anunciou a criação de um "califado islâmico" nos territórios sob seu controle no Iraque e na Síria.


Postar um comentário