Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Por que negociações entre Washington e Pyongyang estão condenadas ao fracasso?

Em vez de proferir mais ameaças, a administração Trump deve mostrar que é um parceiro de negociação confiável, escreve o The National Interest, acrescentando que é importante enviar sinais claros agora.
Sputnik

O presidente norte-americano Donald Trump continua tratando a sua administração como uma brigada de salvamento para a diplomacia internacional, mas os norte-coreanos não são estúpidos e não confiam em promessas, afirma o autor do The National Interest Doug Bandow no seu recente artigo.


"O desmantelamento nuclear da Líbia, em muito forçado pelos EUA no passado, se revelou um modo de agressão por meio da qual os norte-americanos convenceram os líbios com tais palavras doces como 'garantia de segurança' e 'melhoramento das relações' para desarmar o país e depois destruí-lo pela força", conforme notou o Ministério das Relações Exteriores da Coreia do Norte, acrescentando que os norte-coreanos percebem as intenções dos EUA.

O autor, lembrando o caso da Líbia, …

Gripen E terá pilones da Exelis com ejeção pneumática de mísseis

Equipamento destinado às estações da parte inferior da fuselagem do caça será fornecido pelas instalações britânicas da empresa americana Exelis


Poder Aéreo

Segundo nota divulgada pela empresa americana Exelis (sediada em McLeon, Virginia, e com instalações em outros países) e reportagem da UPI, os caças Gripen E da sueca Saab serão equipados com pilones lançadores de mísseis com sistema de ejeção pneumática, em contrato que será conduzido pelas instalações britânicas da Exelis, em Brighton.


Farnborough - maquete Gripen - foto 4 Saab

Os equipamentos serão desenvolvidos e fornecidos à sueca Saab sob um acordo de longo prazo. Os chamados PMEL (pneumatic missile eject launcher pylons) permitirão a ejeção de mísseis ar-ar Meteor e AIM-120 AMRAAM a partir das estações da parte ventral (inferior) da fuselagem do Gripen E.

Segundo o vice-presidente e diretor geral da área internacional de soluções em visão noturna e comunicações da Exelis, Ken Harrison, trata-se de “uma grande oportunidade para nós de partir da experiência da Exelis em transporte e ejeção de armamentos e continuar a crescer no mercado de ejeção de mísseis ar-ar”.

A empresa divulgou que a assinatura do acordo com a Saab desencadeou um contrato imediato de projeto e desenvolvimento, que inclui a entrega e fornecimento de diversas unidades para testes de voo. Um contrato posterior de produção inicial deverá cobrir o suprimento de 214 unidades do PMEL à Saab.

Ainda segundo a nota divulgada pela Exelis, o acordo de longo prazo cobre toda a vida operacional do Gripen E, incluindo modernizações no sistema. A Exelis é descrita como uma empresa diversificada e global que atua em áreas como a aeroespacial, defesa, informação e serviços, com 50 anos de experiência em fornecer soluções acessíveis e críticas, entre as líderes em áreas de posicionamento, navegação, sensores, gerenciamento de tráfego aéreo, processamento de imagens, sistemas de comunicação e informação. Atualmente, foca no crescimento em áreas como redes críticas, ISR, guerra eletrônica e aeroestruturas compósitas.

Postar um comentário