Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Por que negociações entre Washington e Pyongyang estão condenadas ao fracasso?

Em vez de proferir mais ameaças, a administração Trump deve mostrar que é um parceiro de negociação confiável, escreve o The National Interest, acrescentando que é importante enviar sinais claros agora.
Sputnik

O presidente norte-americano Donald Trump continua tratando a sua administração como uma brigada de salvamento para a diplomacia internacional, mas os norte-coreanos não são estúpidos e não confiam em promessas, afirma o autor do The National Interest Doug Bandow no seu recente artigo.


"O desmantelamento nuclear da Líbia, em muito forçado pelos EUA no passado, se revelou um modo de agressão por meio da qual os norte-americanos convenceram os líbios com tais palavras doces como 'garantia de segurança' e 'melhoramento das relações' para desarmar o país e depois destruí-lo pela força", conforme notou o Ministério das Relações Exteriores da Coreia do Norte, acrescentando que os norte-coreanos percebem as intenções dos EUA.

O autor, lembrando o caso da Líbia, …

Milícias de Donbass pedem a Hollande e Merkel que intervenham junto a Kiev

Os líderes das autoproclamadas Repúblicas Populares de Donetsk e Lugansk, Aleksandr Zakharchenko e Igor Plotnitsky, apelaram ao presidente francês, François Hollande, e à chanceler alemã, Angela Merkel, dizendo que a Ucrânia está sabotando as obrigações assumidas em Minsk.


Sputnik

“Nós temos que nos dirigir a vocês como garantia dos acordos de Minsk para exercer pressão sobre Kiev, até a introdução de sanções pessoais e econômicas, para fazer a liderança ucraniana realizar as medidas assumidas em Minsk”, relata a agência de notícias de Donetsk, citando uma declaração conjunta.


Líderes das autoproclamadas Repúblicas Populares de Donetsk e Lugansk, Aleksandr Zakharchenko e Igor Plotnitsky
© Sputnik/ Sergey Averin
Entre outros itens da carta de Zakharchenko e Plotnitsky, estão o pedido para ajudar na recuperação do sistema bancário de Donbass, a proibição de entrada ao território da UE a Arseny Yatsenyuk e a suspensão da ajuda financeira a Kiev.

Além disso, de acordo com o texto da carta, as forças de segurança ucranianas não estão realizando devidamente o processo da retirada de armas pesadas.


Postar um comentário