Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

No decorrer da operação Ramo de Oliveira será criada zona de segurança na Síria

O primeiro-ministro turco Binali Yildirim anunciou a criação, durante a operação militar turca na província síria de Afrin, de uma faixa de segurança de 30 quilômetros.
Sputnik

O premiê, citado pela emissora Haberturk, adiantou também que a operação seria efetuada em quatro etapas.


"A operação vai decorrer em 4 etapas com o objetivo de criar uma faixa de segurança de 30 quilômetros, que será limpa de terroristas", disse o político, citado pela emissora NTV.

Yildirim adiantou que até agora não há mortos ou feridos entre o contingente turco que realiza a operação.

Mais cedo, o Estado-Maior da Turquia anunciou o início da operação "Ramo de Oliveira" contra os grupos curdos na província síria de Afrin, que começou precisamente às 14h00 locais (12h00 no horário de Brasília). De acordo com a entidade militar, a operação conta com a participação de 72 aviões, enquanto 108 dos 113 alvos planejados já foram eliminados. Há poucos dias, o premiê turco, Binali Yildirim, havia avanç…

Milícias de Donbass pedem a Hollande e Merkel que intervenham junto a Kiev

Os líderes das autoproclamadas Repúblicas Populares de Donetsk e Lugansk, Aleksandr Zakharchenko e Igor Plotnitsky, apelaram ao presidente francês, François Hollande, e à chanceler alemã, Angela Merkel, dizendo que a Ucrânia está sabotando as obrigações assumidas em Minsk.


Sputnik

“Nós temos que nos dirigir a vocês como garantia dos acordos de Minsk para exercer pressão sobre Kiev, até a introdução de sanções pessoais e econômicas, para fazer a liderança ucraniana realizar as medidas assumidas em Minsk”, relata a agência de notícias de Donetsk, citando uma declaração conjunta.


Líderes das autoproclamadas Repúblicas Populares de Donetsk e Lugansk, Aleksandr Zakharchenko e Igor Plotnitsky
© Sputnik/ Sergey Averin
Entre outros itens da carta de Zakharchenko e Plotnitsky, estão o pedido para ajudar na recuperação do sistema bancário de Donbass, a proibição de entrada ao território da UE a Arseny Yatsenyuk e a suspensão da ajuda financeira a Kiev.

Além disso, de acordo com o texto da carta, as forças de segurança ucranianas não estão realizando devidamente o processo da retirada de armas pesadas.


Postar um comentário