Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Exército sírio bombardeia terroristas restantes no sul do país (VIDEO)

O exército sírio retomou os ataques de artilharia maciços contra os terroristas restantes na região de Tulul al Safa no deserto de As-Suwayda, no sul do país, depois de eles terem violado a trégua, segundo uma fonte do Exército.
Sputnik

De acordo com uma fonte que falou com a Sputnik Árabe, na terça-feira (16), o Exército sírio e os terroristas que ocupam as colinas de Tulul al Safa firmaram um acordo de cessar-fogo, segundo o qual os combatentes da Frente al-Nusra (organização terrorista proibida na Rússia e em vários outros países) se comprometeram a entregar as armas depois de serem cercados e sem saída.


Contudo, na manhã da quarta-feira (17) os terroristas atacaram as unidades do Exército sírio. Por sua vez, os soldados repeliram o ataque com êxito e contra-atacaram. Como resultado, dezenas de militantes foram mortos ou feridos. O Exército resolveu retomar os ataques maciços com peças de artilharia apoiadas do ar, tendo como objetivo eliminar as forças terroristas restantes até a épo…

Moscou defende Brasil, Índia e África do Sul como membros permanentes do Conselho de Segurança da ONU

Moscou acredita que o Brasil, a Índia e a África do Sul são “candidatos dignos para se juntar ao Conselho de Segurança da ONU” de forma permanente, segundo declarou o embaixador especial da chancelaria russa Vadim Lukov nesta quarta-feira (25).


Sputnik


Conselho de Segurança da ONU
© REUTERS/ Mike Segar

Os membros permanentes do Conselho de Segurança da ONU são: Rússia, Estados Unidos, China, França e Reino Unido. Outros dez países são eleitos para o órgão a cada dois anos.

Sobre a possível adesão permanente do Brasil, da Índia e da África do Sul, Lukov acrescentou que a decisão não deve ser tomada ao nível do bloco BRICS (Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul), mas no âmbito do sistema das Nações Unidas.


Postar um comentário

Postagens mais visitadas