Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Turquia quer ajudar Iraque a combater curdos em Kirkuk

A Turquia informou nesta segunda-feira que estava pronta para ajudar o governo iraquiano a expulsar os combatentes curdos da cidade de Kirkuk, informou AFP.
Sputnik

Ancara teme que a eventual independência do Curdistão iraquiano pode desencadear movimentos semelhantes entre a população curda na Turquia e saudou a operação das forças iraquianas para expulsar as forças do Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK) de Kirkuk.


"Estamos prontos para qualquer forma de cooperação com o governo iraquiano de modo a acabar com a presença do PKK no território do Iraque", disse o ministro das Relações Exteriores da Turquia, Mevlut Cavusoglu.

O Conselho de Segurança Nacional do Iraque afirmou neste domingo que considerará a presença de militares curdos em Kirkuk como um "declaração de guerra".

Na segunda-feira, as forças iraquianas tomaram amplos territórios nos arredores da cidade, bem como uma base militar, um aeroporto e um campo petrolífero.

Em 2014, as tropas peshmerga curdas …

Rússia: instrutores norte-americanos já estão em região de Lvov na Ucrânia

Os militares norte-americanos já foram deslocados para a região de Lvov na Ucrânia para treinar soldados ucranianos, disse o representante oficial do Ministério do Exterior russo Aleksandr Lukashevich.


Sputnik


U.S. army instructors
© Sputnik/ David Hizanishvily
Conforme publicado anteriormente, os EUA planejam enviar para a Ucrânia no período de março-outubro de 2015 pelo menos 300 militares para cooperar com o exército ucraniano. A informação foi divulgada num documento publicado no site norte-americano de contratos públicos.

Os militares dos EUA ficarão instalados no Centro Internacional de Paz e Segurança (International Peacekeeping and Security Center), no campo de treinamento de Yavorov, na região de Lvov (oeste da Ucrânia). O local já havia recebido exercícios conjuntos entre as tropas ucranianas e estrangeiras. De acordo com o documento, esta missão militar vai durar de 5 de março até 31 outubro de 2015.


Postar um comentário