Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

ONG: EUA mobiliza terroristas no sul da Síria para atacar Ghouta Oriental

Os militares norte-americanos estão mobilizando combatentes de diversos grupos armados com objetivo de atacar os subúrbios orientais de Damasco, disse à Sputnik o chefe da rede de direitos humanos na Síria, Ahmad Kazem.
Sputnik

"Neste momento os EUA estão juntando os combatentes do Daesh e outros grupos, inclusive os de Idlib, e tenta os transferir para At-Tanf e depois para Ghouta Oriental (subúrbio de Damasco), com objetivo de se contrapor ao exército sírio, que pretende liberar a região dos terroristas", disse Kazem. 


Segundo o defensor dos direitos humanos, os financiadores da Arábia Saudita ordenaram que os terroristas já localizados em Guta Oriental empreendam o máximo dos esforços para resistir às tropas de Damasco.

"Eles continuarão a atacar Damasco de forma caótica com seus morteiros", acrescentou o entrevistado.

Os terroristas, que tomaram o subúrbio oriental de Damasco, continuam a disparar contra os bairros centrais e residenciais da capital síria. Nesta qui…

Saab e Boeing fazem primeiro lançamento de SDB a partir de terra

Forças Terrestres

Em nota e vídeo divulgados na terça-feira, 10 de março, a empresa sueca Saab e a americana Boeing informaram que a SDB I (Small Diameter Bomb – bomba de pequeno diâmetro) da Boeing teve comprovada a sua adaptação para lançamento a partir de um sistema de artilharia terrestre, mesmo tendo sido desenvolvida, originariamente, para emprego a partir de aeronaves.


GLSDB - imagem Boeing via Saab

Segundo a nota, as empresas testaram recentemente a chamada GLSDB (Ground Launched Small Diameter Bomb – bomba de pequeno diâmetro lançada de terra), integrando tecnologias da SDB I e do motor foguete M26 (fornecido pela Nammo) ao sistema de lançamento múltiplo de foguetes (MLRS – Multiple Launch Rocket System). O teste mostrou que a bomba pode suportar um lançamento por foguete de artilharia sem comprometer seu desempenho.

A GLSDB permite ao sistema de artilharia atingir objetivos a distâncias significativamente maiores, engajando alvos difíceis de alcançar, ao mesmo tempo em que mantém a manobrabilidade em voo e a precisão da SDB. As duas empresas deverão, a partir de um acordo assinado no ano passado, oferecer a GLSDB a operadores atuais e futuros de foguetes de artilharia.




Postar um comentário