Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

'Fora do normal': OTAN teria usado armas climáticas para atingir êxito em operação militar

Uma das teorias de conspiração mais populares é a possível influência humana no clima com armas de tecnologia de última geração. Neste contexto, ganhou talvez o maior destaque o projeto HAARP dos EUA. Oficial da Força Aérea russa e meteorologista, Yevgeny Tishkovetz, contou para a Sputnik até que ponto os humanos podem mudar condições climáticas.
Sputnik

O HAARP (High Frequency Active Auroral Research Program, em inglês) é um projeto financiado pelas Forças Armadas dos EUA que visa estudar a ionosfera para aperfeiçoamento de suas capacidades de comunicação por rádio e dos sistemas de vigilância com ajuda de tecnologias de ponta.


Há uma teoria de que o sistema HAARP teria sido utilizado na operação militar da OTAN na Iugoslávia em 1999. Yevgeny Tishkovetz, meteorologista do centro Fobos e ex-chefe do serviço meteorológico do Ministério da Defesa russo, disse à Sputnik Sérvia que o sistema pode ter sido realmente usado na Iugoslávia.

Segundo o oficial, a Aliança não tinha como realizar seus…

Sete países europeus são contra endurecimento de sanções à Rússia

Estados-membros poderão se manifestar contra medidas impostas a Moscou amanhã em cúpula da UE.


Ekho Moskvi

Sete países europeus poderão se pronunciar nesta quinta-feira (19) contra a intensificação das sanções impostas à Rússia em conexão com a crise ucraniana, segundo a Bloomberg.


Sete países europeus são contra endurecimento de sanções à Rússia

De acordo com a agência, esses países são: Grécia, Chipre, Hungria, Eslováquia, Espanha, Itália e Áustria.

A maior parte desses Estados já havia se manifestado contra um aumento da pressão sobre Moscou.

Para se alcançar uma resolução acerca das sanções na União Europeia, é preciso que haja uma posição unânime dos líderes de seus 28 países-membros.

A validade das sanções à Rússia vence em julho.



Postar um comentário