Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Turquia quer ajudar Iraque a combater curdos em Kirkuk

A Turquia informou nesta segunda-feira que estava pronta para ajudar o governo iraquiano a expulsar os combatentes curdos da cidade de Kirkuk, informou AFP.
Sputnik

Ancara teme que a eventual independência do Curdistão iraquiano pode desencadear movimentos semelhantes entre a população curda na Turquia e saudou a operação das forças iraquianas para expulsar as forças do Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK) de Kirkuk.


"Estamos prontos para qualquer forma de cooperação com o governo iraquiano de modo a acabar com a presença do PKK no território do Iraque", disse o ministro das Relações Exteriores da Turquia, Mevlut Cavusoglu.

O Conselho de Segurança Nacional do Iraque afirmou neste domingo que considerará a presença de militares curdos em Kirkuk como um "declaração de guerra".

Na segunda-feira, as forças iraquianas tomaram amplos territórios nos arredores da cidade, bem como uma base militar, um aeroporto e um campo petrolífero.

Em 2014, as tropas peshmerga curdas …

Submarino francês 'afunda' porta-aviões norte-americano durante exercícios

A série de exercícios navais conjuntos dos EUA e da França terminou de uma forma inesperada para o exército norte-americano.


Sputnik

As manobras acabaram com o submarino francês afundando o porta-aviões dos EUA e a maioria dos seus navios de escolta.


USS Theodore Roosevelt
USS Theodore Roosevelt © AFP 2015/ Brad GARNER

Os exercícios duraram 10 dias na costa do estado da Flórida. O submarino nuclear francês Saphir se juntou com o Grupo 12 de exercícios com porta-helicóptero dos EUA, que também incluiu o super porta-aviões Theodore Roosevelt (apelidado de Big Stick), vários cruzadores Ticonderoga (ou destruidor Arleigh Burke) e submarino nuclear da classe Los Angeles.

Os exercícios tinham o objetivo de testar o super porta-aviões recém-modernizado por US$ 2,6 bilhões.

No entanto, durante a segunda fase dos exercícios, o navio francês passou para o lado inimigo e recebeu a missão de atacar o Theodore Roosevelt. E assim o fez, esgueirando profundamente na defesa do Grupo 12, sem ser detectado pelas unidades antissubmarino norte-americanas, e, no último dia dos exercícios, "afundou" o Roosevelt e a maioria dos seus navios de escolta.



Postar um comentário