Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

O Brasil tem poder de fogo para proteger a riqueza da Amazônia Azul? (VÍDEO)

Devido à enorme riqueza natural, a porção de mar sob jurisdição brasileira é também conhecida como Amazônia Azul. A área é um dos mais importantes patrimônios naturais brasileiros e é uma preocupação para o setor de Defesa. Para comentar o assunto, a Sputnik Brasil ouviu Ricardo Cabral, pesquisador da Escola de Guerra Naval da Marinha do Brasil.
Sputnik

O pesquisador falou sobre a importância comercial e estratégica, o potencial energético, científico e as obrigações internacionais do Brasil com as áreas da Amazônia Azule seu entorno. Ele também descreveu o atual estado da esquadra da Marinha brasileira, que carece de investimentos e pleiteia junto ao novo governo federal uma fatia maior do orçamento público, limitado pela Emenda Constitucional nº 95.


Foi a própria Marinha brasileira que cunhou o termo "Amazônia Azul", em referência ao tamanho da biodiversidade e dos bens naturais encontradas em sua área. No entanto, a área marítima é ainda maior do que porção brasileira da flo…

Comboio humanitário russo atacado por soldados ucranianos

Na Ucrânia, um comboio com ajuda humanitária procedente da Rússia, enviado pela fundação de beneficência Novorossya, foi atingido por disparos do Exército ucraniano. O ataque provocou a morte de uma pessoa, informa a agência noticiosa de Donetsk, citando um representante da Fundação Gleb Kornilov.


Sputnik




“Em 23 de abril, a nossa coluna com uma carga humanitária, composta por três caminhões, se deslocava na região de Shirokino. Nós transportávamos alimentos, medicamentos, sementes agrícolas, roupa. Por razões desconhecidas, a coluna saiu do trajeto pré-estabelecido e, algum tempo depois, chegou perto de posições dos militares ucranianos, 27 km a sudoeste de Donetsk. Os soldados ucranianos abriram fogo”, informou Gleb Kornilov.

Segundo ele, em resultado do ataque “morreu uma pessoa, os outros foram feitos prisioneiros. Entre estes últimos há um ferido”.


Postar um comentário

Postagens mais visitadas