Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Ministério das Relações Exteriores russo acusa EUA de ajudar terroristas na Síria

Ao reforçar seu interesse em liquidar o Daesh [organização terrorista proibida na Rússia] da face da Terra, Moscou se mostrou preocupada com o fato de os EUA demonstrarem o contrário através de suas ações, ressalta Sergei Ryabkov, vice-ministro do ministério.
Sputnik

"Apesar de tudo, alguns objetivos políticos e geopolíticos são mais importantes para Washington, o que está declarado no plano de lealdade à luta antiterrorista", disse Ryabkov a jornalistas. Segundo ele, a Rússia espera que Washington prove na prática a sua lealdade à luta contra o terrorismo na Síria.


Além disso, o diplomata chamou a morte do tenente-general Valery Asapov de preço pago pela Rússia pela hipocrisia dos EUA na questão da resolução da crise síria. Asapov, que chefiava o grupo dos conselheiros militares russos, morreu na região de Deir ez-Zor durante bombardeio do Daesh.

Na véspera, o Ministério da Defesa da Rússia publicou fotos aéreas dos bairros a norte de Deir ez-Zor controlados pelos terroristas d…

Encontro de gerações marca os 70 anos do Dia da Aviação de Caça

A cerimônia reuniu os atuais pilotos de caça, veteranos de guerra e seus familiares


Agência Força Aérea

A Força Aérea Brasileira (FAB) realizou nesta quarta-feira (22/04) uma cerimônia pelos 70 anos do Dia da Aviação de Caça. A data, 22 de abril, foi quando os militares da FAB fizeram o maior número de missões na Itália, em 1945, durante a Segunda Guerra Mundial. A solenidade reuniu na Base Aérea de Santa Cruz, no Rio de Janeiro (RJ), diversas gerações para recordar um capítulo da história do país.

O Comandante da Aeronáutica, Tenente-Brigadeiro do Ar Nivaldo Luiz Rossato, relembrou a importância da Aviação de Caça para o Brasil. “Hoje em dia, os vetores que nós temos e que nós teremos em breve mostram que a capacidade de dissuasão de um país e a defesa do espaço aéreo são fundamentalmente suportadas pela Aviação de Caça”, explicou o Oficial-General. 


 Encontro de gerações marca os 70 anos do Dia da Aviação de Caça

Como parte das homenagens feitas na solenidade, foram entregues os troféus de unidade aérea mais eficiente e piloto mais eficiente. Ao lado da filha, de apenas cinco anos, o Capitão Gusttavo Freitas de Souza exibiu o prêmio. “Para mim é um orgulho muito grande receber o troféu de piloto mais eficiente. Desde que eu entrei para a Escola Preparatória de Cadetes do Ar, eu queria voar o F-5, foram 15 anos até chegar aqui. É uma felicidade viver esse momento em uma data tão importante e estar ao lado de minha família”, revela o militar, integrante do Primeiro Grupo de Aviação de Caça (1º GAVCA), unidade aérea que foi para a Segunda Guerra Mundial.

Durante o evento, também foi entregue a Medalha Mérito Operacional Brigadeiro Nero Moura. O nome da honraria refere-se ao herói de guerra, major naquela época, primeiro voluntário a compor a unidade que iria atuar nos céus da Itália. O militar também é considerado o patrono da Aviação de Caça. O prêmio é entregue aos veteranos do 1º GAVCA e aos comandantes de unidades aéreas.

“O legado de profissionalismo, comprometimento e dedicação dos veteranos está sempre presente no trabalho dos pilotos da atualidade. Isso fortalece a cada dia nossa Aviação de Caça, é uma força que nos impulsiona”, explica o Comandante da Terceira Força Aérea, Brigadeiro Fernando Almeida Riomar, responsável pelas 11 unidades aéreas de caça da FAB.

Exposição 


O público que compareceu ao evento pode acompanhar uma exposição estática das aeronaves de caça utilizadas atualmente na Força Aérea. Uma das novidades foi a presença da maquete em tamanho real do Gripen NG, futuro caça da FAB.

Postar um comentário