Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Radicais sírios estariam recebendo armamento dos EUA através da fronteira com Jordânia

Enquanto o exército sírio parece estar pronto para uma grande ofensiva na província de Daraa, os grupos radicais que operam na região estariam recebendo grandes remessas de material bélico "Made in USA".
Sputnik

Os grupos militantes que atuam no sul da Síria receberam uma grande quantidade de armas e munições fabricadas nos EUA, incluindo mísseis antitanque TOW, informou a agência de notícias FARS.

De acordo com a FARS, o armamento foi entregue através da fronteira com a Jordânia no âmbito de um novo plano dos EUA para assegurar mais apoio a estes grupos na Síria.

A agência informou também que os grupos militantes na província de Daraa começaram a se preparar para impedir a ofensiva do exército sírio.

No início deste mês, o exército sírio intensificou as ações no sudoeste do país, controlado por radicais, perto da fronteira com a Jordânia e as Colinas de Golã, ocupadas por Israel.

O Ministério da Defesa da Rússia acrescentou que as forças do governo sírio, apoiadas por um grande a…

Força Aérea Russa inicia manobras táticas na Armênia

A Força Aérea Russa deu início a uma série de manobras táticas na Armênia nesta quinta-feira (2). Os pilotos do Distrito Militar Sul praticam tarefas de combate na base aérea russa de Erebuni e usam caças de quarta geração MiG-29, segundo informou o porta-voz do Distrito.


Sputnik

De acordo com a fonte, as manobras envolvem mais de 100 pilotos e funcionários de equipes auxiliares, além de mais de 30 unidades de equipamentos especiais aéreos e militares. Dentro de três dias, segundo o porta-voz, os MiG-29 vão “praticar a cobertura aérea de tropas, bem como ações de combate para destruir alvos aéreos simulando bombardeiros, mísseis balísticos e mísseis de cruzeiro do inimigo simulado".


MiG-29
© flickr.com/ Airwolfhound

A base aérea de Erebuni é parte das forças militares que a Rússia mantém na Armênia desde 1995, conforme estabelecido por um tratado bilateral prorrogado em 2010 por um período de 25 a 49 anos, que garante a presença militar russa no país até 2044.

Postar um comentário

Postagens mais visitadas