Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Exército sírio bombardeia terroristas restantes no sul do país (VIDEO)

O exército sírio retomou os ataques de artilharia maciços contra os terroristas restantes na região de Tulul al Safa no deserto de As-Suwayda, no sul do país, depois de eles terem violado a trégua, segundo uma fonte do Exército.
Sputnik

De acordo com uma fonte que falou com a Sputnik Árabe, na terça-feira (16), o Exército sírio e os terroristas que ocupam as colinas de Tulul al Safa firmaram um acordo de cessar-fogo, segundo o qual os combatentes da Frente al-Nusra (organização terrorista proibida na Rússia e em vários outros países) se comprometeram a entregar as armas depois de serem cercados e sem saída.


Contudo, na manhã da quarta-feira (17) os terroristas atacaram as unidades do Exército sírio. Por sua vez, os soldados repeliram o ataque com êxito e contra-atacaram. Como resultado, dezenas de militantes foram mortos ou feridos. O Exército resolveu retomar os ataques maciços com peças de artilharia apoiadas do ar, tendo como objetivo eliminar as forças terroristas restantes até a épo…

Grécia negocia com a Rússia a compra de mísseis para sistemas de defesa antiaérea S-300

Atenas está negociando com Moscou uma série de contratos militares, dentre estes, a compra de novos mísseis para sistemas antiaéreos S-300, declarou o ministro da defesa grego, Panos Kammenos, em visita à capital russa.


Sputnik

"A Federação Russa e a Grécia mantêm negociações sobre o suporte técnico dos sistemas (de defesa antiaérea) S-300, Tor M-1, Kornet e outros, assim como sobre a compra de novos mísseis para os S-300", disse o ministro.


Sistema S-300.
© AP Photo

Kammenos adicionou que a Grécia "se limitará a substituir os mísseis (disponíveis) pelos novos."

Vários sistemas Tor M-1, fornecidos pela Rússia em 2002, estão localizados na ilha de Creta onde compõem o sistema S-300, vendido originalmente ao Chipre e logo realocado para a Grécia.

O ministro grego chegou à capital russa na quarta para participar de uma conferência internacional organizada pelo Ministério da Defesa da Rússia.

O fórum, que ocorrerá nos dias 16 e 17 de abril, tem como lema "Segurança global: desafios e perspectivas."

Para a conferência foram convidados representantes de Ministérios da Defesa de 80 países, organizações internacionais, especialistas e cientistas.


Postar um comentário

Postagens mais visitadas