Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Kim Jong-un: Após 'declaração de guerra feroz', Trump e os EUA pagarão caro

Em um raro pronunciamento, o líder norte-coreano Kim Jong-un disse nesta sexta-feira (horário local) que o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, e seu povo "pagarão caro"pelas “palavras excêntricas” que pregaram a destruição da Coreia do Norte.
Sputnik

Em seu discurso na Assembleia Geral da ONU, Trump afirmou que os EUA estão prontos para a "destruição total" da Coreia do Norte, caso isso se faça necessário.


Além disso, o presidente estadunidense chamou Kim de "Homem Foguete", pelo que considera uma "tática suicida" de provocações contra Washington e o resto dos seus aliados na Ásia.

"Agora estou pensando muito sobre a resposta que ele poderia ter esperado quando ele se permitiu que palavras tão excêntricas tropeçassem da sua língua", disse Kim, em declarações reproduzidas pela Agência Central de Notícias da Coreia (KCNA).

"Qualquer coisa que Trump possa ter esperado, ele enfrentará resultados além de suas expectativas. Eu vou, …

Grécia negocia com a Rússia a compra de mísseis para sistemas de defesa antiaérea S-300

Atenas está negociando com Moscou uma série de contratos militares, dentre estes, a compra de novos mísseis para sistemas antiaéreos S-300, declarou o ministro da defesa grego, Panos Kammenos, em visita à capital russa.


Sputnik

"A Federação Russa e a Grécia mantêm negociações sobre o suporte técnico dos sistemas (de defesa antiaérea) S-300, Tor M-1, Kornet e outros, assim como sobre a compra de novos mísseis para os S-300", disse o ministro.


Sistema S-300.
© AP Photo

Kammenos adicionou que a Grécia "se limitará a substituir os mísseis (disponíveis) pelos novos."

Vários sistemas Tor M-1, fornecidos pela Rússia em 2002, estão localizados na ilha de Creta onde compõem o sistema S-300, vendido originalmente ao Chipre e logo realocado para a Grécia.

O ministro grego chegou à capital russa na quarta para participar de uma conferência internacional organizada pelo Ministério da Defesa da Rússia.

O fórum, que ocorrerá nos dias 16 e 17 de abril, tem como lema "Segurança global: desafios e perspectivas."

Para a conferência foram convidados representantes de Ministérios da Defesa de 80 países, organizações internacionais, especialistas e cientistas.


Postar um comentário