Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Pyongyang: 3 porta-aviões perto da Coreia do Norte são uma ameaça de guerra nuclear

A ONU "fecha os olhos aos exercícios de guerra nuclear dos EUA, que estão empenhados em causar um desastre catastrófico para a humanidade", declarou o embaixador norte-coreano na ONU, Ja Song-nam.
Sputnik

As autoridades norte-coreanas classificaram na segunda (13) o deslocamento sem precedentes de 3 grupos de porta-aviões dos EUA para a zona da península da Coreia como uma "postura de ataque".


O representante norte-coreano permanente na ONU, Ja Song-nam, expressou em uma carta enviada ao secretário-geral da ONU o descontentamento do seu governo com os exercícios militares de Seul, Tóquio e Washington. Estes, segundo o diplomata, estão criando "a pior situação para a península da Coreia e seus arredores".

"Os EUA são os principais responsáveis por escalar as tensões e comprometer a paz", declarou Ja Song-nam.

Além da presença de 3 porta-aviões estadunidenses (Nimitz, Ronald Reagan e Theodore Roosevelt), Washington continua realizando voos de bombarde…

Houthis no Iêmen estão prontos para diálogo se bombardeios terminarem

Os houthis no Iêmen dispostos a negociar se a coalizão liderada pela Arábia Saudita deixar de levar a cabo ataques aéreos, disse o chefe do politburo Ansar Allah, Saleh al-Samad.


Sputnik

"Vamos manter a nossa posição que o diálogo é necessário e nós o exigimos, apesar de todas as coisas que aconteceram no país", disse al-Samad a agencia Reuters.


Houthis no Iêmen
© AP Photo/ Hani Mohammed
Entretanto, anteriormente ele dissera à agência russa RIA Novosti que os houthis excluem a possibilidade de negociações com o presidente do país Abed Rabbo Mansour Hadi, que abandonou a capital.

"Não temos condições apesar de parar a agressão e começar as negociações… e todos os participantes internacionais ou regionais que não participam na agressão contra o povo do Iêmen serão capazes de observar o diálogo", salientou al-Samad.



Postar um comentário