Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Exército sírio retoma base aérea de Abu al-Duhur controlada por militantes desde 2015

O exército sírio expulsou os terroristas do aeródromo de Abu al-Duhur, na província de Idlib, que estava sob controle de grupos armados ilegais desde setembro de 2015, informou o Ministério da Defesa russo.
Sputnik

"Como resultado da ofensiva, as tropas sírias expulsaram os radicais do aeródromo de Abu al-Duhur que estava sob controle de grupos armados desde setembro de 2015", diz-se no comunicado do ministério russo.


O ministério também informou que as forças governamentais sírias cercaram uma grande concentração de terroristas da Frente al-Nusra (grupo terrorista proibido na Rússia) na província de Idlib.

Segundo o comunicado, as unidades de ataque das tropas governamentais, lideradas pelo general sírio Suheil Hassan, juntaram-se às forças da milícia e realizaram uma ofensiva ao longo da rodovia Aleppo-Hama.

Desta maneira, segundo o ministério russo, foi posto fim ao cerco de uma grande concentração da Frente al-Nusra na parte oriental de Idlib.

Em 10 de janeiro, uma fonte infor…

Houthis no Iêmen estão prontos para diálogo se bombardeios terminarem

Os houthis no Iêmen dispostos a negociar se a coalizão liderada pela Arábia Saudita deixar de levar a cabo ataques aéreos, disse o chefe do politburo Ansar Allah, Saleh al-Samad.


Sputnik

"Vamos manter a nossa posição que o diálogo é necessário e nós o exigimos, apesar de todas as coisas que aconteceram no país", disse al-Samad a agencia Reuters.


Houthis no Iêmen
© AP Photo/ Hani Mohammed
Entretanto, anteriormente ele dissera à agência russa RIA Novosti que os houthis excluem a possibilidade de negociações com o presidente do país Abed Rabbo Mansour Hadi, que abandonou a capital.

"Não temos condições apesar de parar a agressão e começar as negociações… e todos os participantes internacionais ou regionais que não participam na agressão contra o povo do Iêmen serão capazes de observar o diálogo", salientou al-Samad.



Postar um comentário