Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

EUA criticam bombardeiros russos na Venezuela: "Nós mandamos navio-hospital"

O coronel Robert Manning, porta-voz do Departamento de Defesa dos Estados Unidos, criticou com veemência nesta segunda-feira o envio de bombardeiros russos à Venezuela e citou o envio de navio-hospital à região como exemplo do compromisso de Washington com a região.
EFE

Washington - "O enfoque dos EUA sobre a região difere do enfoque da Rússia. No meio da tragédia, a Rússia envia bombardeiros à Venezuela e nós mandamos um navio-hospital", declarou Manning durante uma entrevista coletiva realizada hoje no Pentágono.


O militar se referia com estas palavras ao USNS Comfort, que partiu em meados de outubro rumo à América Central e à América do Sul para oferecer ajuda sanitária aos milhares de refugiados venezuelanos amparados por diversos países da região.

"Enquanto nós oferecemos ajuda humanitária, a Rússia envia bombardeiros", lamentou Manning em referência ao envio uma esquadrilha de aviões russos, incluindo dois bombardeiros estratégicos T-160, capazes de carregar bomb…

Marinha do Egito participa de exercícios militares em Bahrein

Navios militares e caças egípcios participam dos exercícios militares conjuntos no Bahrein, informou nesta quarta-feira a estatal Bahrain News Agency. As manobras receberam o codinome Hamad 1.


Sputnik

Segundo as palavras do comandante em chefe do Bahrein, Ahmed Al Khalifa, durante sua saudação aos militares egípcios, “os exercícios conjuntos serão realizados no âmbito da cooperação militar bilateral, voltada para o fortalecimento dos laços históricos com Egito, aprofundamento das relações de irmãos no âmbito pan-arábico, e coordenação de ações conjuntas”. 


Navios no Golfo Pérsico, 21 de maio de 2013, exercícios militares
© flickr.com/ U.S. Department of Defense

Estes exercícios serão as maiores manobras conjuntas de países árabes na região do Golfo Pérsico desde 2012. Em abril de 2012, um ano após a repressão de protestos da oposição, Bahrein realizou exercícios militares com nove países árabes envolvidos e com a participação dos EUA.

Em meados de abril, durante visita ao Egito do ministro da Defesa da Arábia Saudita, Cairo e Riad concordaram em realizar grandes exercícios militares na região com a participação de diversos países do Golfo Pérsico.


Postar um comentário

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas