Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Exército Sírio é atacado a partir de área ocupada por EUA e FDS

Tropas do Exército Árabe Sírio que participam de uma ofensiva contra terroristas em Deir ez-Zor foram alvo de ataques lançados a partir de uma área dominada por militantes das Forças Democráticas da Síria (FDS) e unidades especiais das Forças Armadas americanas, conforme revelou o Ministério da Defesa da Rússia nesta terça-feira.
Sputnik

"No último dia, grupos de assalto das tropas governamentais sírias, com apoio da Força Aeroespacial russa, cruzaram o Eufrates e continuaram a expandir a cabeça de ponte capturada a leste de Deir ez-Zor, apesar da dura resistência dos militantes do Daesh", afirmou o porta-voz da Defesa russa, major-general Igor Konashenkov, destacando o avanço das forças de Damasco. 


Segundo o militar, as tropas leais ao presidente Bashar Assad conseguiram liberar uma área de 60 quilômetros quadrados na zona oriental, mas encontraram obstáculos.

"De acordo com relatos de comandantes sírios na linha de frente, o Exército Sírio sofre contra-ataques mais seve…

Marinha russa faz exercícios navais na Crimeia

Exercícios navais russos na Crimeia contaram com os navios de desembarque russos Nikolai Filchenkov e Caesar Kunikov Lvovich da Frota do Mar Negro nesta sexta-feira (17), informou o serviço de imprensa do grupo naval.


Sputnik


Buque de desembarco Tsezar Kunikov
© Sputnik/ Sergei Pyatakov

Os dois navios desembarcaram unidades de marinheiros próximo à costa da cidade de Feodosia, localizada no sudeste da península. "De acordo com o plano, o Caesar Kunikov Lvovich disparou sua artilharia contra alvos no mar e atacaram instalações costeiras", diz a nota.

A península da Criméia se reintegrou à Rússia em março 2014, depois de um referendo sobre a autodeterminação que a esmagadora maioria da Criméia apoiou a volta da península à Federação Russa.


Postar um comentário