Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

O que acontece quando desaparece um submarino como o argentino ARA San Juan

As autoridades argentinas continuam com as buscas para tentar localizar o submarino ARA San Juan, que estava em uma missão de treinamento e desapareceu na última quarta com 44 tripulantes a bordo.
BBC Brasil


A Marinha argentina revelou que, no último contato, o subcomandante afirmou que a embarcação apresentava um curto-circuito no sistema de baterias.


O submarino fazia o trajeto entre o Ushuaia, no sul do país, e a base naval de Mar del Plata, mais ao norte, quando deixou de se comunicar e sumiu dos radares. Segundo a Marinha, a tripulação teria comida e oxigênio para mais dois dias.

O governo argentino conta com a ajuda de vários países para realizar as buscas, incluindo Brasil e Estados Unidos.

Mas quais são principais dificuldades em uma operação para localizar um submarino? A BBC tenta responder a esta e a outras perguntas sobre o tema.

Por que submarinos não podem ser detectados?


Os submarinos são construídos para serem difíceis de se encontrar. O papel deles é participar, com frequênc…

Navio de guerra dos EUA entra no mar Negro

O contratorpedeiro USS Jason Dunham entrou no mar Negro, declarou uma fonte diplomática militar à agência noticiosa russa RIA Novosti.


Sputnik

Após a deterioração da situação na Ucrânia, a chefia da OTAN decidiu intensificar as atividades marítimas nas imediações da costa da Rússia. Em março deste ano, no mar Negro entrou um destacamento de seis navios da aliança, que realizou uma série de exercícios conjuntos e fogo de artilharia, em conjunto com a Marinha turca e romena.


O contratorpedeiro USS Jason Dunham

A fonte declarou: “O contratorpedeiro USS Jason Dunham acabou de passar a zona de derramamento (Bósforo e Dardanelos) e entrou nas águas do mar Negro.”

Ela também disse que o navio vai ficar no mar Negro até 14 de abril. O alvo da presença do destruidor da Marinha dos EUA no mar Negro não é divulgado.


Postar um comentário