Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Ministério das Relações Exteriores russo acusa EUA de ajudar terroristas na Síria

Ao reforçar seu interesse em liquidar o Daesh [organização terrorista proibida na Rússia] da face da Terra, Moscou se mostrou preocupada com o fato de os EUA demonstrarem o contrário através de suas ações, ressalta Sergei Ryabkov, vice-ministro do ministério.
Sputnik

"Apesar de tudo, alguns objetivos políticos e geopolíticos são mais importantes para Washington, o que está declarado no plano de lealdade à luta antiterrorista", disse Ryabkov a jornalistas. Segundo ele, a Rússia espera que Washington prove na prática a sua lealdade à luta contra o terrorismo na Síria.


Além disso, o diplomata chamou a morte do tenente-general Valery Asapov de preço pago pela Rússia pela hipocrisia dos EUA na questão da resolução da crise síria. Asapov, que chefiava o grupo dos conselheiros militares russos, morreu na região de Deir ez-Zor durante bombardeio do Daesh.

Na véspera, o Ministério da Defesa da Rússia publicou fotos aéreas dos bairros a norte de Deir ez-Zor controlados pelos terroristas d…

OTAN: Presença militar na fronteira com a Rússia não é considerável

O nível da presença militar da OTAN nas proximidades das fronteiras russas não pode ser considerado como significativo, afirmou à agência Sputnik, nesta sexta-feira, a porta-voz da aliança, Oana Lungescu.


Sputnik

“Essa presença sempre está se alterando e os seus níveis não chegam a ser significativos para definição de uma real presença de forças armadas”, disse a interlocutora da agência.


Exercícios da OTAN na Lituânia
© AP Photo/ Mindaugas Kulbis

Esta semana estão sendo realizados exercícios militares na Estônia, com participação da 510a esquadrilha de caças das forças aéreas dos EUA, cuja base fica em Aviano, na Itália. Durante as manobras, os caças ficarão na base de Emari, no país báltico. Além disso, 300 militares norte-americanos estão no país.

Em fevereiro, OTAN anunciou pretender duplicar as suas tropas no leste europeu, totalizando o número de 30 mil militares.

A Rússia tem demonstrado preocupação com as recentes movimentações da OTAN nas proximidades de suas fronteiras. Segundo o representante permanente da Rússia na OTAN, Aleksandr Grushko, o reforço das estruturas da aliança militar ocidental no leste europeu é uma ameaça para Moscou.


Postar um comentário