Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Exército sírio retoma base aérea de Abu al-Duhur controlada por militantes desde 2015

O exército sírio expulsou os terroristas do aeródromo de Abu al-Duhur, na província de Idlib, que estava sob controle de grupos armados ilegais desde setembro de 2015, informou o Ministério da Defesa russo.
Sputnik

"Como resultado da ofensiva, as tropas sírias expulsaram os radicais do aeródromo de Abu al-Duhur que estava sob controle de grupos armados desde setembro de 2015", diz-se no comunicado do ministério russo.


O ministério também informou que as forças governamentais sírias cercaram uma grande concentração de terroristas da Frente al-Nusra (grupo terrorista proibido na Rússia) na província de Idlib.

Segundo o comunicado, as unidades de ataque das tropas governamentais, lideradas pelo general sírio Suheil Hassan, juntaram-se às forças da milícia e realizaram uma ofensiva ao longo da rodovia Aleppo-Hama.

Desta maneira, segundo o ministério russo, foi posto fim ao cerco de uma grande concentração da Frente al-Nusra na parte oriental de Idlib.

Em 10 de janeiro, uma fonte infor…

OTAN: Presença militar na fronteira com a Rússia não é considerável

O nível da presença militar da OTAN nas proximidades das fronteiras russas não pode ser considerado como significativo, afirmou à agência Sputnik, nesta sexta-feira, a porta-voz da aliança, Oana Lungescu.


Sputnik

“Essa presença sempre está se alterando e os seus níveis não chegam a ser significativos para definição de uma real presença de forças armadas”, disse a interlocutora da agência.


Exercícios da OTAN na Lituânia
© AP Photo/ Mindaugas Kulbis

Esta semana estão sendo realizados exercícios militares na Estônia, com participação da 510a esquadrilha de caças das forças aéreas dos EUA, cuja base fica em Aviano, na Itália. Durante as manobras, os caças ficarão na base de Emari, no país báltico. Além disso, 300 militares norte-americanos estão no país.

Em fevereiro, OTAN anunciou pretender duplicar as suas tropas no leste europeu, totalizando o número de 30 mil militares.

A Rússia tem demonstrado preocupação com as recentes movimentações da OTAN nas proximidades de suas fronteiras. Segundo o representante permanente da Rússia na OTAN, Aleksandr Grushko, o reforço das estruturas da aliança militar ocidental no leste europeu é uma ameaça para Moscou.


Postar um comentário