Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Rússia: EUA provocaram combates em Idlib para impedir o avanço sírio em Deir ez-Zor

Os militantes da Frente al-Nusta iniciaram uma ampla ofensiva contra as posições das tropas sírias ao norte e nordeste da cidade de Hama, na zona de desescalada de Idlib, informou o ministério da Defesa da Rússia nesta quarta-feira.
Sputnik

Segundo o ministério russo, a ofensiva terrorista foi uma manobra dos serviços de inteligência dos EUA para impedir o avanço das tropas sírias em Deir ez-Zor.


Os militantes da Frente al-Nusta iniciaram uma ampla ofensiva contra as posições das tropas sírias ao norte e nordeste da cidade de Hama, na zona de desescalada de Idlib.

"Apesar dos acordos assinados no dia 15 de setembro em Astana, os combatentes da Frente al-Nusra e seus aliados, que se negaram a cumprir as condições do regime de cessar-fogo, iniciaram uma ampla ofensiva contra as tropas governamentais, a partir das 8hs da manhã do dia 19 de setembro, ao norte e nordeste da cidade de Hama, na zona de desescalada de Idlib", informa o comunicado.

Durante o dia, os terroristas conseguira…

OTAN seguirá expandindo o projeto de escudo antimíssil na Europa

Os países membros da OTAN não pretendem abandonar as intenções de expansão do sistema de escudos antimíssil na Europa, apesar dos recentes acordos com Teerã, que impedem a produção de armas nucleares iranianas.


Sputnik

A informação foi revelada à agência Sputnik pela porta-voz da OTAN, Oana Lungescu, nesta sexta-feira.


Interceptor de mísseis norte-americano
© flickr.com/ The U.S. Army
“A ameaça aos países membros da OTAN, em função do aumento de mísseis balísticos, segue aumentando… O acordo (com Irã) não altera esse fato”, disse Lungescu.

A interlocutora da agência pontuou que o sistema europeu antimíssil não é voltado contra a Rússia.

O representante permanente da Rússia na OTAN, Aleksandr Grushko, já tinha afirmado que as decisões da OTAN em relação às bases antimíssil no leste europeu alteram a situação política e militar na Europa, representam grande ameaça à Rússia e serão consideradas por Moscou para planejamento da defesa do país.



Postar um comentário