Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

O que acontece quando desaparece um submarino como o argentino ARA San Juan

As autoridades argentinas continuam com as buscas para tentar localizar o submarino ARA San Juan, que estava em uma missão de treinamento e desapareceu na última quarta com 44 tripulantes a bordo.
BBC Brasil


A Marinha argentina revelou que, no último contato, o subcomandante afirmou que a embarcação apresentava um curto-circuito no sistema de baterias.


O submarino fazia o trajeto entre o Ushuaia, no sul do país, e a base naval de Mar del Plata, mais ao norte, quando deixou de se comunicar e sumiu dos radares. Segundo a Marinha, a tripulação teria comida e oxigênio para mais dois dias.

O governo argentino conta com a ajuda de vários países para realizar as buscas, incluindo Brasil e Estados Unidos.

Mas quais são principais dificuldades em uma operação para localizar um submarino? A BBC tenta responder a esta e a outras perguntas sobre o tema.

Por que submarinos não podem ser detectados?


Os submarinos são construídos para serem difíceis de se encontrar. O papel deles é participar, com frequênc…

Rússia revelará novos equipamentos militares no Dia da Vitória

Novos tipos de equipamento militar avançado, incluindo tanques, veículos blindados e sistemas de mísseis antitanques participarão da parada do Dia da Vitória, em Moscou.


Sputnik

Vários tipos de equipamento militar avançado, incluindo tanques, veículos blindados e sistemas de mísseis antitanques desfilarão na Praça Vermelha de Moscou para comemorar o Dia da Vitória em 9 de maio.

A parada marcará o 70º aniversário da vitória do exército soviético sobre a Alemanha nazista na II Guerra Mundial e será a maior da história recente da Rússia. Mais de 15 mil oficiais e 200 tipos de equipamentos militares desfilarão, incluindo armamentos jamais vistos pelo público. As informaçõas são do ministro da Defesa, Sergei Shoigu.

O tanque Armata, o Kurganets-25, o Kornet-D e o Koalitsija-SV serão conduzidos desde o noroeste de Moscou até a Praça Vermelha. Ensaios que também incluirão aeronaves militares estão marcados para as primeiras horas da quinta-feira, dia 7.

O ARMATA ESTREIA

Análises ocidentais admitem que o T-14 Armata pode ser o tanque mais avançado e mortal do planeta. A revista alemã Stern afirmou que o Armata é o primeiro grande exemplo das inovações da indústria de defesa russa desde a separação da União Soviética. Analistas americanos acreditam que o Armata pode deixar o Exército dos Estados Unidos e seu M1 Abrams muito para trás.


T-14 Armata

O Ministério da Defesa russo postou uma foto do novo tanque na última semana.

"O tanque utilizando a Plataforma de Combate Universal Armata será usado como o novo e principal tanque de guerra do Exército Russo. Ele tem especificações e performance completamente novas e um novo carregador automático", diz a descrição.

A principal característica do Armata é uma torreta sem homens, operada remotamente por uma cápsula blindada e isolada. O tanque tem um sistema de radar único que pode rastrear, simultaneamente, até 40 alvos no solo e 25 no ar dentro de um raio de 98 quilômetros.

TRATAMENTO VIP

O Armata será seguido pelo Kurganets-25, primeiro veículo de infantaria russo cuja tripulação fica localizada em um compartimento isolado da munição. A blindagem do Kurganets possui um sistema de defesa ativo que resiste a armamentos capazes de perfurar tanques tradicionais.

Kurganets 25

O veículo com rodas contemporâneo Boomerang, que vai substituir o veterano BTR-80, também verá a luz do dia pela primeira vez no Dia da Vitória.

Há planos para a criação de uma família inteira de veículos Boomerang, incluindo um tanque e um veículo de transporte de soldados. Especialistas militares afirmam que sua principal característica é uma abertura traseira para soldados. 

Boomerang

Outra estreia na parada do Dia da Vitória, em Moscou, é o veículo anfíbio Typhoon-U, desenvolvido na Usina Automotiva Ural, parte do Grupo GAZ. O veículo foi feito sobo conceito 2020 para o desenvolvimento de veículos militares e revelado no fim de 2013. 

Typhoon U

GRANDE UPGRADE PARA O KORNET

O Kornet-D, uma versão atualizada do sistema antitanques Kornet que foi adotado em 2009, também estreará na Praça Vermelha. O veículo tem um sistema eletrônico óptico dotado de uma mira ativada por calor, câmera de TV de alta definição, um visor de calor de terceira geração e um canal a laser para o controle de mísseis. O sistema Kornet-D é capaz de destruir posições inimigas em solo e aeronaves, destruir um alvo inteiro com dois mísseis e perfurar blindagem de até 1.300-mm.

Kornet D

O sistema de artilharia Koalitsija-SV, fabricado na Usina Ultransmash, em Ecaterimburgo, também fará parte da parada em 9 de maio. O sistema é capaz de matar inimigos e destruir equipamentos e fortificações localizados a até 65 quilômetros de distância. O Koalitsija-SV tem um gerador de potência independente e oferece condições confortáveis para seus tripulantes. O sistema também tem sistema de navegação por satélite, uma rede de troca de informações segura e mostradores visuais eficientes.

Koalitsija-SV


Postar um comentário