Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Defesa russa: avião Il-20 foi derrubado por mísseis sírios S-200

De acordo com o ministério russo, o sistema de defesa aérea sírio tentava atacar um avião de Israel. No entanto, a tripulação israelense fez uma manobra especial para se proteger, e o míssil acabou atingindo acidentalmente o avião russo Il-20.
Sputnik

O avião Il-20 desapareceu dos radares em 17 de setembro, por volta das 23h do horário de Moscou, (17h em Brasília) durante o retorno planejado à base aérea de Hmeymim, acima do território do mar Mediterrâneo, a 35 quilômetros da costa da Síria, informou o comunicado do Ministério da Defesa da Rússia. O represente oficial da Defesa russa, Igor Konashenkov sublinhou que os aviões israelenses "propositalmente criaram uma situação perigosa para navios e aviões nessa região".

Na opinião dele, para evitar o ataque sírio, a tripulação israelense acabou tornando o Ilyushin-20 alvo de ataque.

"Ao tentarem proteger-se com ajuda do avião russo, os pilotos israelenses o puseram debaixo de fogo do sistema de defesa antiaérea da Síria"…

Rússia simula lançamentos com sistema de mísseis Iskander-M

O Distrito Militar do Leste fez nesta sexta-feira (24) lançamentos simulados em computados de mísseis Iskander-M, um dos mais avançados da Rússia. A iniciativa serve como parte da preparação para a temporada de treinamento de inverno, informou o porta-voz do grupamento militar, Coronel Alexander Godyev.


Sputnik

Sistema Iskander.
© Sputnik/ Alexei Danichev

O sistema de mísseis táticos Iskander-M (SS-26, segundo a classificação da OTAN) é considerado um dos mais avançados mísseis superfície-superfície da atualidade. Caracteriza-se por uma elevada mobilidade e capacidade de manobra, já que leva apenas 20 minutos para ser preparado para o lançamento.

O Iskander-M é capaz de atingir alvos a uma distância de até 500 km, com uma precisão de cerca de 30 centímetros. Pode bater tropas adversárias ou centros de comando subterrâneos, dependendo das ogivas colocadas nos foguetes. Se necessário, seus mísseis também podem ser armados com ogivas nucleares. Tem sido usado pelos militares russos desde 2006.


Postar um comentário

Postagens mais visitadas