Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Exército sírio bombardeia terroristas restantes no sul do país (VIDEO)

O exército sírio retomou os ataques de artilharia maciços contra os terroristas restantes na região de Tulul al Safa no deserto de As-Suwayda, no sul do país, depois de eles terem violado a trégua, segundo uma fonte do Exército.
Sputnik

De acordo com uma fonte que falou com a Sputnik Árabe, na terça-feira (16), o Exército sírio e os terroristas que ocupam as colinas de Tulul al Safa firmaram um acordo de cessar-fogo, segundo o qual os combatentes da Frente al-Nusra (organização terrorista proibida na Rússia e em vários outros países) se comprometeram a entregar as armas depois de serem cercados e sem saída.


Contudo, na manhã da quarta-feira (17) os terroristas atacaram as unidades do Exército sírio. Por sua vez, os soldados repeliram o ataque com êxito e contra-atacaram. Como resultado, dezenas de militantes foram mortos ou feridos. O Exército resolveu retomar os ataques maciços com peças de artilharia apoiadas do ar, tendo como objetivo eliminar as forças terroristas restantes até a épo…

Rússia terá força militar autossuficiente no Ártico até 2018

Uma força militar autossuficiente será formada no setor russo do Ártico até 2018, segundo afirmou um funcionário sênior do Ministério da Defesa russo nesta quarta-feira (1º).


Sputnik

"O grupo militar russo no Ártico será construído no continente e nas ilhas", disse o oficial, citado pela agência de notícias Itar-Tass. Segundo a fonte, o trabalho de construção já está em andamento e “até 2018 surgirá um grupo autossuficiente incorporando companhias de reconhecimento de rádio, assim como era no passado”.


Soldado russo no Ártico
© Igor Ageyenko
O funcionário disse ainda que a Rússia criará uma nova divisão de defesa aérea e outras unidades militares, incluindo forças de defesa espacial para o Ártico. Além disso, segundo ele, a Força Aérea e o Exército de Defesa Aérea serão armados com aeronaves de combate e de transporte.

O chamado comando estratégico integrado se tonou operacional no setor russo do Ártico a partir de 1º de dezembro de 2014. De acordo com informações prévias do chefe do Estado Maior russo, General do Exército Valery Gerasimov, o comando estratégico teria sob suas ordens uma Força Aérea e um Exército de Defesa Aérea. Além disso, um centro de treinamento especial também será criado no Ártico.



Postar um comentário

Postagens mais visitadas