Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Super Tucano em teste pela Força Aérea dos EUA sofre acidente

Queda sem causa ainda definida é má notícia para a fabricante brasileira, que disputa concorrência com americanos
Igor Gielow | Folha de S.Paulo

Um turboélice A-29 Super Tucano, fabricado pela Embraer, caiu durante um exercício de ataque leve conduzido pela Força Aérea dos EUA em um campo de provas do Novo México, na sexta (22).

Dois tripulantes conseguiram se ejetar. Segundo comunicado da base de Holloman, um dele se feriu levemente e foi medicado, enquanto não há detalhes do estado do segundo. A causa do acidente não foi divulgada.

O avião participa da fase final da competição para fornecimento de aviões leves para missões de ataque a solo e reconhecimento. Inicialmente, os EUA querem adquirir 15 unidades, para depois expandir a até 120. Elas servirão para substituir o famoso A-10 Warthog (Javali, em inglês), um modelos subsônico a jato fortemente armado e blindado que opera desde 1977.

Os americanos estão procurando opções mais econômicas para a missão. Enquanto um A-10 tem sua hora-voo…

Síria aprova propostas da Rússia para resolver a guerra civil no país árabe

Uma delegação do governo da Síria concordou com as propostas estabelecidas pelos mediadores russos durante a segunda rodada de negociações, realizada em Moscou nesta semana para resolver a guerra civil síria, revelou uma fonte familiarizada com as negociações à Sputnik nesta quarta-feira (8).


Sputnik

A agenda proposta pela parte russa e aprovado pela Síria incluiria a avaliação da situação atual, a união de forças nacionais para enfrentar desafios, incluindo o terrorismo, e a construção da confiança entre a oposição e a sociedade civil, disse a fonte à Sputnik.


Ataques aéreos na Síria
© AP Photo/ Vadim Ghirda
Além disso, ela afirmou que o plano de Moscou descreve o estabelecimento de um processo político, bem como passos em fases, no âmbito de um programa de reconciliação nacional. A rodada anterior de negociações aconteceu no final de janeiro e rendeu os chamados Princípios de Moscou, delineando uma plataforma política para a reconciliação nacional.

Na terça-feira (7), o porta-voz do secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, saudou as conversações em curso, a primeira tentativa de resolver o conflito sírio em mais de um ano desde que uma conferência em Genebra não conseguiu produzir resultados.

A guerra civil síria resultou em mais de 220 mil mortes e forçou muitos milhões de pessoas a fugir de sua terra natal desde o seu início em 2011.



Postar um comentário

Postagens mais visitadas