Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Analista: entrega de dados de Israel sobre abate de Il-20 significa muito para Rússia

O comandante da Força Aérea Israelense, Amikam Norkin, forneceu ao Ministério da Defesa da Rússia dados sobre o incidente com o avião russo Il-20 na Síria. Israel demonstra que não pretende perder a cooperação estabelecida com a Rússia, disse o analista político Stanislav Tarasov durante uma entrevista ao serviço russo da Rádio Sputnik.
Sputnik

Além destas informações sobre o abate da aeronave, Israel também avisou sobre "as tentativas do Irã de fortalecer sua posição na Síria e entregar armas estratégicas ao Hezbollah". Os militares observaram que é necessário continuar coordenando as ações na Síria, ressaltando a importância de respeitar os interesses dos dois países.

O avião russo Il-20 foi abatido sobre o mar Mediterrâneo no dia 17 de setembro, a 35 quilômetros da costa síria, por um míssil do sistema antiaéreo S-200 da Síria, resultando na morte de 15 militares.

Ao mesmo tempo, quatro caças F-16 atacaram instalações sírias em Latakia. De acordo com o Ministério da Defesa da…

Alemanha e França planejam desenvolver novo tanque para competir com o Armata

A Alemanha e a França estão se preparando para desenvolver em conjunto um novo tanque de guerra, o Leopard 3, para substituir versão antiga Leopard 2 e competir com o novíssimo tanque russo Armata.


Sputnik

A razão principal da modernização é o fato de o Leopard 2 possuir um prazo de vida útil até 2030. A mídia alemã, no entanto, sugere que a verdadeira razão é a análise que foi recentemente apresentada pelo Serviço Federal de Inteligência da Alemanha (BND) sobre a força militar da Rússia e, em particular, o novo tanque T-14 Armata, que foi mostrado durante a última Parada da Vitória em Moscou.


T-14 Armata

A análise do BND sugere que, embora os veículos de combate apresentados no desfile ainda estejam na etapa de pré-produção, quando forem concluídos, serão os tanques com o nível de armamentos mais alto no mundo. De acordo com a Deutsche Welle, o fabricante do Leopard 2, a empresa Krauss-Maffei Wegmann, planeja se fundir com a francesa Sistemas Nexter durante este ano.

Isto levou a imprensa alemã a espalhar a opinião que a nova empresa franco-alemã, com mais de 6 mil funcionários e um volume de negócios combinado de cerca de 2 bilhões de euros, poderá ser um forte candidato a ganhar o contrato para desenvolver um novo tanque de guerra para a Bundeswehr.

Pouco antes da Parada da Vitória, a revista The National Interest informou por que razão os EUA realmente devem temer o novo Armata. A revista sugeriu que a Rússia irá ter em breve um tanque de grande velocidade, manobrabilidade, potência de fogo e capacidade de sobrevivência, muito superior a tudo o que tem sido produzido para os exércitos ocidentais.

A principal característica do Armata é a torre ser operada remotamente a partir de uma cápsula blindada e isolada. O tanque possui um sistema de radar único que pode rastrear, simultaneamente, até 40 alvos no solo e 25 no ar em um raio de 98 quilômetros.

O tanque já possui um canhão com calibre de 125 milímetros, opera com projéteis de mais diversos tipos e supera em potência um dos melhores tanques do mundo, o referido Leopard 2. O Armata também possuiu um canhão automático com calibre de 30 milímetros, que pode ser utilizado como elemento antiaéreo. Para combate com unidades menores, a torre está equipada com uma metralhadora com calibre de 12,7 milímetros.


Postar um comentário

Postagens mais visitadas