Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Primeiro voo do Aero L-159T2

A Aero Vodochody realizou o primeiro voo do treinador a jato L-159T2 de dois lugares em 1º de agosto. O voo de 30 minutos foi conduzido pelos pilotos de testes da empresa Vladimír Kvarda e David Jahoda.
Poder Aéreo

A Força Aérea Tcheca encomendou três exemplares em 2016, que devem ser entregues até o final deste ano. As aeronaves L-159 são operadas pelas forças aéreas tcheca e iraquiana, pela empresa americana Draken International e, no passado, foram alugadas pela Força Aérea Húngara para treinamento de pilotos.

Estas novas aeronaves de assento duplo T2 têm uma fuselagem central e dianteira recém-construída e apresentam várias melhorias significativas, principalmente em equipamentos de cockpit e sistema de combustível, e são totalmente compatíveis com o NVG. Cada cockpit é equipado com duas telas multifuncionais e um assento de ejeção VS-20 atualizado. A aeronave também pode oferecer uma capacidade de reabastecimento sob pressão. O radar GRIFO, já em uso na versão de um único assento, a…

Helicópteros russos desenvolvidos para o Mistral ganharão outras funções

A Rússia está estudando a melhor maneira de usar os helicópteros Ka-52K que iriam operar nos porta-helicópteros da classe Mistral negociados com a França, segundo informou nesta terça-feira (12) o vice-gerente geral da Russian Helicopters, Shibitov Andrei.


Sputnik

A França construiu para a Marinha russa dois navios, mas vem atrasando a sua entrega alegando as sanções impostas pelo Ocidente a Moscou. A Rússia continua esperando a conclusão do negócio ou a devolução do dinheiro.


Helicóptero Ka-52 Alligator
© Sputnik/ Vitaliy Ankov

Shibitov afirmou em entrevista coletiva que este tipo de helicóptero não precisa ser usado exclusivamente em porta-helicópteros. Já o vice-ministro da Indústria e Comércio russo, Andrei Boguinski, disse que o modelo Ka-52K sempre terá uma aplicação na Rússia. “Na Rússia, nós temos uma longa fronteira marítima e será sempre um lugar para implantar essas aeronaves”, sugeriu.

O Ka-52K foi desenvolvido para serem utilizados os porta-helicópteros Mistral que a Rússia comprou da França mas não recebeu. A aeronave realiza missões em qualquer condição meteorológica, é equipada com radares ultramodernos com alcance de 200 km e pode disparar mísseis antinavio Kh-31 e Kh-35.



Postar um comentário

Postagens mais visitadas