Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Exército sírio retoma base aérea de Abu al-Duhur controlada por militantes desde 2015

O exército sírio expulsou os terroristas do aeródromo de Abu al-Duhur, na província de Idlib, que estava sob controle de grupos armados ilegais desde setembro de 2015, informou o Ministério da Defesa russo.
Sputnik

"Como resultado da ofensiva, as tropas sírias expulsaram os radicais do aeródromo de Abu al-Duhur que estava sob controle de grupos armados desde setembro de 2015", diz-se no comunicado do ministério russo.


O ministério também informou que as forças governamentais sírias cercaram uma grande concentração de terroristas da Frente al-Nusra (grupo terrorista proibido na Rússia) na província de Idlib.

Segundo o comunicado, as unidades de ataque das tropas governamentais, lideradas pelo general sírio Suheil Hassan, juntaram-se às forças da milícia e realizaram uma ofensiva ao longo da rodovia Aleppo-Hama.

Desta maneira, segundo o ministério russo, foi posto fim ao cerco de uma grande concentração da Frente al-Nusra na parte oriental de Idlib.

Em 10 de janeiro, uma fonte infor…

Helicópteros russos desenvolvidos para o Mistral ganharão outras funções

A Rússia está estudando a melhor maneira de usar os helicópteros Ka-52K que iriam operar nos porta-helicópteros da classe Mistral negociados com a França, segundo informou nesta terça-feira (12) o vice-gerente geral da Russian Helicopters, Shibitov Andrei.


Sputnik

A França construiu para a Marinha russa dois navios, mas vem atrasando a sua entrega alegando as sanções impostas pelo Ocidente a Moscou. A Rússia continua esperando a conclusão do negócio ou a devolução do dinheiro.


Helicóptero Ka-52 Alligator
© Sputnik/ Vitaliy Ankov

Shibitov afirmou em entrevista coletiva que este tipo de helicóptero não precisa ser usado exclusivamente em porta-helicópteros. Já o vice-ministro da Indústria e Comércio russo, Andrei Boguinski, disse que o modelo Ka-52K sempre terá uma aplicação na Rússia. “Na Rússia, nós temos uma longa fronteira marítima e será sempre um lugar para implantar essas aeronaves”, sugeriu.

O Ka-52K foi desenvolvido para serem utilizados os porta-helicópteros Mistral que a Rússia comprou da França mas não recebeu. A aeronave realiza missões em qualquer condição meteorológica, é equipada com radares ultramodernos com alcance de 200 km e pode disparar mísseis antinavio Kh-31 e Kh-35.



Postar um comentário