Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

O Brasil tem poder de fogo para proteger a riqueza da Amazônia Azul? (VÍDEO)

Devido à enorme riqueza natural, a porção de mar sob jurisdição brasileira é também conhecida como Amazônia Azul. A área é um dos mais importantes patrimônios naturais brasileiros e é uma preocupação para o setor de Defesa. Para comentar o assunto, a Sputnik Brasil ouviu Ricardo Cabral, pesquisador da Escola de Guerra Naval da Marinha do Brasil.
Sputnik

O pesquisador falou sobre a importância comercial e estratégica, o potencial energético, científico e as obrigações internacionais do Brasil com as áreas da Amazônia Azule seu entorno. Ele também descreveu o atual estado da esquadra da Marinha brasileira, que carece de investimentos e pleiteia junto ao novo governo federal uma fatia maior do orçamento público, limitado pela Emenda Constitucional nº 95.


Foi a própria Marinha brasileira que cunhou o termo "Amazônia Azul", em referência ao tamanho da biodiversidade e dos bens naturais encontradas em sua área. No entanto, a área marítima é ainda maior do que porção brasileira da flo…

Helicópteros russos desenvolvidos para o Mistral ganharão outras funções

A Rússia está estudando a melhor maneira de usar os helicópteros Ka-52K que iriam operar nos porta-helicópteros da classe Mistral negociados com a França, segundo informou nesta terça-feira (12) o vice-gerente geral da Russian Helicopters, Shibitov Andrei.


Sputnik

A França construiu para a Marinha russa dois navios, mas vem atrasando a sua entrega alegando as sanções impostas pelo Ocidente a Moscou. A Rússia continua esperando a conclusão do negócio ou a devolução do dinheiro.


Helicóptero Ka-52 Alligator
© Sputnik/ Vitaliy Ankov

Shibitov afirmou em entrevista coletiva que este tipo de helicóptero não precisa ser usado exclusivamente em porta-helicópteros. Já o vice-ministro da Indústria e Comércio russo, Andrei Boguinski, disse que o modelo Ka-52K sempre terá uma aplicação na Rússia. “Na Rússia, nós temos uma longa fronteira marítima e será sempre um lugar para implantar essas aeronaves”, sugeriu.

O Ka-52K foi desenvolvido para serem utilizados os porta-helicópteros Mistral que a Rússia comprou da França mas não recebeu. A aeronave realiza missões em qualquer condição meteorológica, é equipada com radares ultramodernos com alcance de 200 km e pode disparar mísseis antinavio Kh-31 e Kh-35.



Postar um comentário

Postagens mais visitadas