Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Radicais sírios estariam recebendo armamento dos EUA através da fronteira com Jordânia

Enquanto o exército sírio parece estar pronto para uma grande ofensiva na província de Daraa, os grupos radicais que operam na região estariam recebendo grandes remessas de material bélico "Made in USA".
Sputnik

Os grupos militantes que atuam no sul da Síria receberam uma grande quantidade de armas e munições fabricadas nos EUA, incluindo mísseis antitanque TOW, informou a agência de notícias FARS.

De acordo com a FARS, o armamento foi entregue através da fronteira com a Jordânia no âmbito de um novo plano dos EUA para assegurar mais apoio a estes grupos na Síria.

A agência informou também que os grupos militantes na província de Daraa começaram a se preparar para impedir a ofensiva do exército sírio.

No início deste mês, o exército sírio intensificou as ações no sudoeste do país, controlado por radicais, perto da fronteira com a Jordânia e as Colinas de Golã, ocupadas por Israel.

O Ministério da Defesa da Rússia acrescentou que as forças do governo sírio, apoiadas por um grande a…

Irã faz disparos de advertência contra navio de Cingapura

France Presse

Barcos de patrulha da Guarda Revolucionária do Irã fizeram disparos de advertência no Golfo Pérsico, nesta quinta-feira, contra um navio mercante de bandeira de Cingapura - informaram autoridades americanas.


(Arquivo) Um barco de patrulha da Guarda Revolucionária do Irã é visto perto do porto de Bandar Abbas, no dia 2 de julho de 2012
Barco de patrulha da Guarda Revolucionária do Irã

O navio foi socorrido por embarcações dos Emirados Árabes Unidos (EAU), acrescentaram as fontes consultadas pela AFP.

O "Alpine Eternity" estava em águas internacionais no momento do incidente, relatou um funcionário americano da Defesa, que pediu para não ser identificado.

O navio se refugiou, então, nas águas territoriais dos EAU.

Os barcos da Guarda Revolucionária se retiraram da área, depois de terem disparado as salvas de advertência, acrescentaram as fontes.

"Verificamos com o gerente do 'Alpine Eternity' que a tripulação está a salvo e que a embarcação está em águas territoriais do EAU", afirmaram autoridades marítimas de Cingapura, indicando que o episódio será investigado.

Os incidentes navais com o Irã "são um tema de preocupação para nós" e "continuaremos vigiando a situação", declarou o porta-voz do Pentágono, coronel Steven Warren.

O "Alpine Eternity" é um navio-tanque usado no transporte de petróleo e de produtos químicos. A embarcação integra a frota da empresa Transpetrol, com escritórios na Noruega, Suíça, Bélgica e Bermudas.


Postar um comentário

Postagens mais visitadas