Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

'Fora do normal': OTAN teria usado armas climáticas para atingir êxito em operação militar

Uma das teorias de conspiração mais populares é a possível influência humana no clima com armas de tecnologia de última geração. Neste contexto, ganhou talvez o maior destaque o projeto HAARP dos EUA. Oficial da Força Aérea russa e meteorologista, Yevgeny Tishkovetz, contou para a Sputnik até que ponto os humanos podem mudar condições climáticas.
Sputnik

O HAARP (High Frequency Active Auroral Research Program, em inglês) é um projeto financiado pelas Forças Armadas dos EUA que visa estudar a ionosfera para aperfeiçoamento de suas capacidades de comunicação por rádio e dos sistemas de vigilância com ajuda de tecnologias de ponta.


Há uma teoria de que o sistema HAARP teria sido utilizado na operação militar da OTAN na Iugoslávia em 1999. Yevgeny Tishkovetz, meteorologista do centro Fobos e ex-chefe do serviço meteorológico do Ministério da Defesa russo, disse à Sputnik Sérvia que o sistema pode ter sido realmente usado na Iugoslávia.

Segundo o oficial, a Aliança não tinha como realizar seus…

Ministério Público Militar da Ucrânia permite ao Setor de Direita violar as leis

Na semana passada tornou-se público o conflito latente entre as Forças Armadas da Ucrânia e a organização nacionalista paramilitar Setor de Direita, que participou na operação militar contra a milícia em Donbass.


Sputnik

Os soldados do Exército ucraniano bloquearam a sede da organização nacionalista localizada no leste da Ucrânia. O líder do grupo radical Dmitry Yarosh chamou o acontecimento de provocação por parte das autoridades ucranianas e organizou uma ação de protesto em Kiev, perto da administração presidencial de Pyotr Poroshenko.


Setor de Direita
© Sputnik/ Aleksandr Maksimenko
Enquanto isso, o promotor-geral da Ucrânia Anatoly Matios chamou o Setor de Direita de “grupo armado ilegal”. Ao mesmo tempo, ele disse que os nacionalistas podem violar as leis do país porque eles são patriotas fiéis à Ucrânia. Em entrevista a um canal de TV ucraniano, Matios disse:

“Podemos perguntar ao Google o que são grupos armados que não estão registrados nas instituições do Estado. A resposta será idêntica à minha: aqueles que não estão registrados numa instituição do Estado estão fora da lei. O Setor de Direita, segundo a lei, pode ser chamado de grupo armado ilegal. Mas eu, provavelmente, mentiria e não seria ucraniano se não dissesse que este não é um simples grupo armado. O Setor de Direita são patriotas absolutos.”

As autoridades da Ucrânia se abstiveram de comentários sobre a situação entre as Forças Armadas e Setor de Direita.

Durante o protesto, que foi realizado em Kiev em 29 de abril, os nacionalistas exigiram a demissão de Pyotr Poroshenko do posto de presidente da Ucrânia. Os radicais também ameaçaram atear fogo à administração presidencial.


Postar um comentário