Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Vídeo mostra momento do encontro do submarino argentino Ara San Juan

Profissionais que operavam um dos veículos submarinos foram os primeiros a ver em tela as imagens da embarcação, que estava desaparecida desde 15 de novembro do ano passado. Submarino foi localizado a 907 metros de profundidade.
Por G1

Um vídeo divulgado neste domingo (18) mostra as primeiras imagens do submarino Ara San Juan, no momento em que profissionais da empresa Ocean Infinity o localizaram. O encontro foi anunciado pela Marinha da Argentina na madrugada de sábado.


No vídeo é possível ver quando a equipe que opera um dos veículos que fazia as buscas vê a embarcação pela primeira vez em uma região de cânions (espécie de rios submarinos), a 907 metros de profundidade, e a 600 km da cidade de Comodoro Rivadavia.

O Ara San Juan desapareceu em 15 de novembro de 2017, com 44 pessoas a bordo, e sofreu uma "implosão" no fundo das águas do Oceano Atlântico.

Segundo Enrique Balbi, porta-voz da Marinha, a proa, a popa e a vela se desprenderam do submarino e estão localizadas em uma á…

Navios militares da Rússia e da China realizaram manobras noturnas no Mediterrâneo

Navios de guerra russos e chineses, no âmbito da fase ativa dos exercícios conjuntos Cooperação Naval 2015, realizaram manobras noturnas, informou nesta terça-feira o porta-voz do serviço de informação do ministério da Defesa da Rússia, Capitão de 1a classe Igor Dygalo.


Sputnik

“As manobras noturnas foram realizadas por 4 grupos táticos de navios. Foram realizados diferentes tipos de transmissão de sinais e de trocas de formação das embarcações. Está sendo realizado um constante monitoramento da situação aérea e em mar na região das manobras. As manobras dos navios de guerra chineses e russos seguiram as orientações do comandante do grupamento unificado no mar, capitão de 1a classe Aleksander Okun”, informa o comunicado. 


Navio da China que participa nos exercícios navais Cooperação Naval 2015
© Sputnik/ Julia Kaminskaya

O ministério da Defesa da Rússia também informou que, em 19 de maio, os navios russos e chineses treinarão atividades de garantia de segurança da navegação em áreas remotas do oceano global, inclusive realizando abastecimento de navios em movimento e comboio de navios e embarcações.

A fase ativa dos exercícios sino-russos chamados Cooperação Naval 2015 acontecerá de 17 a 21 de maio, no Mediterrâneo. Participarão cerca de dez navios dos dois países, de diversas classes.

Os exercícios navais, incluindo exercícios de tiro, são vistos pela mídia ocidental como um sinal a Washington e uma forma de mostrar que uma nova e poderosa aliança surge neste mar estratégico, "no próprio quintal da Europa Ocidental”.

Para o ano de 2015 são planejados novos exercícios militares sino-russos no oceano Pacífico.



Postar um comentário

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas