Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Defesa russa: avião Il-20 foi derrubado por mísseis sírios S-200

De acordo com o ministério russo, o sistema de defesa aérea sírio tentava atacar um avião de Israel. No entanto, a tripulação israelense fez uma manobra especial para se proteger, e o míssil acabou atingindo acidentalmente o avião russo Il-20.
Sputnik

O avião Il-20 desapareceu dos radares em 17 de setembro, por volta das 23h do horário de Moscou, (17h em Brasília) durante o retorno planejado à base aérea de Hmeymim, acima do território do mar Mediterrâneo, a 35 quilômetros da costa da Síria, informou o comunicado do Ministério da Defesa da Rússia. O represente oficial da Defesa russa, Igor Konashenkov sublinhou que os aviões israelenses "propositalmente criaram uma situação perigosa para navios e aviões nessa região".

Na opinião dele, para evitar o ataque sírio, a tripulação israelense acabou tornando o Ilyushin-20 alvo de ataque.

"Ao tentarem proteger-se com ajuda do avião russo, os pilotos israelenses o puseram debaixo de fogo do sistema de defesa antiaérea da Síria"…

OTAN inicia manobras navais antissubmarino na Noruega

O Comando Marítimo da OTAN informou em comunicado nesta segunda-feira (4) o início dos exercícios navais antissubmarino Dynamic Mongoose 2015, na costa oeste da Noruega. As manobras em larga escala, que vão até o dia 14, envolvem um total de 20 navios de guerra, aeronaves e submarinos, e são as terceiras realizadas pela Aliança no país desde 2012.


Sputnik


Os exercícios anteriores tiveram como foco a procura, a detecção e a destruição de submarinos pertencentes a um inimigo hipotético. Os deste ano diferem das manobras anteriores e envolvem a participação da Suécia, país que não faz parte da OTAN.

U33, submarino alemão da classe 212, se prepara para os exercícios da OTAN Dynamic Mangoose 2015 perto de Bergen, na costa oeste da Noruega.
© REUTERS/ Balazs Koranyi
O comando operacional das forças armadas norueguesas disse anteriormente que a Noruega enviaria sua fragata antissubmarino da classe Fridtjof Nansen para participar dos Dynamic Mongoose 2015.

No ano passado, os exercícios envolveram militares de oito países, 10 navios de guerra, três submarinos, três aviões de patrulha e helicópteros.

Em 2013, foram sete países membros da OTAN fornecendo quatro navios de guerra, 11 aviões e helicópteros e quatro submarinos.

Já as manobras de 2015 envolvem a participação de 11 países, incluindo a Suécia, e mais de cinco mil militares. A sede da operação está localizada na base naval norueguesa de Haakonsvern, perto de Bergen, bem como no aeródromo de Sola da Força Aérea norueguesa em Stavanger.

O planejamento e a coordenação do Dynamic Mongoose 2015 são exercidos pelo Comando Submarino da OTAN na base de Northwood, no Reino Unido.

O aumento das atividades militares da organização ocidental vem suscitando questionamentos e preocupações por parte de Moscou. Segundo o jornal alemão Frankfurter Allgemeine, os comandos militares da Rússia e da OTAN instalaram uma linha telefônica direta para o caso de crise. Se confirmada a notícia, será a primeira vez desde a Guerra Fria que as duas partes passam novamente a ter uma forma de comunicação direta entre suas respectivas chefias militares.


Postar um comentário

Postagens mais visitadas