Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Putin passa para Trump a responsabilidade de resolver conflito na Síria

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, passou a bola para que o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, seja o responsável por resolver o conflito na Síria.
EFE

Helsinque - Em entrevista coletiva conjunta realizada nesta segunda-feira, em Helsinque, após a primeira cúpula entre os dois líderes, Putin também deu para Trump uma bola oficial da Copa do Mundo.

"No que se refere ao fato de a bola da Síria estar no nosso telhado, senhor presidente, o senhor acaba de dizer que organizamos com sucesso o Mundial de Futebol. Portanto, quero agora entregar esta bola. Agora, a bola está do seu lado", disse Putin.

O presidente russo fazia uma referência a uma frase do secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, que havia afirmado que a bola para resolver o conflito na Síria estava no telhado do Kremlin.

Trump agradeceu pelo presente e disse estar confiante de que EUA, México e Canadá organizarão em 2026 uma Copa do Mundo tão bem-sucedida como a da Rússia.

Na sequência, o presidente americ…

Rússia anuncia novas vendas de sistemas de defesa antiaérea para Brasil

Agência de exportação de armamentos negocia venda de tecnologia ao país latino-americano, segundo chefe de delegação em Lima


Vzgliad

A agência russa de exportação de armamentos Rosoboronexport está negociando com o Brasil a venda de tecnologias de defesa antiaérea, segundo anunciou Serguêi Ladíguin, chefe da delegação em exposição do setor em Lima, no Peru.


Rússia anuncia novas vendas de sistemas de defesa antiaérea para Brasil

"Fechamos um memorando de parceria técnica com o consórcio Odebrecht Defesa e Tecnologia, do qual faz parte a companhia Mectron. Agora, estamos conduzindo negociações acerca de alguns projetos que preveem a transmissão de tecnologia, inclusive no ramo de sistemas de defesa antiaérea", disse Ladíguin à agência Ria Nôvosti.

Ele ressaltou que as conversações da Rosoboronexport sobre helicópteros são feitas com outras companhias brasileiras.

"No que diz respeito à Embraer, estamos abertos a parcerias com essa companhia, caso surja interesse mútuo", disse ainda Ladíguin.

Anteriormente, ele anunciou que a Rosoboronexport conduz uma política lógica de fortalecimento de posição nos países da América Latina.

"Nossos concorrentes ocidentais têm uma posição muito forte aqui, por isso o processo é complicado. Mas a tendência de aproximação na esfera da defesa é evidente", disse.


Postar um comentário

Postagens mais visitadas