Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

ONG: EUA mobiliza terroristas no sul da Síria para atacar Ghouta Oriental

Os militares norte-americanos estão mobilizando combatentes de diversos grupos armados com objetivo de atacar os subúrbios orientais de Damasco, disse à Sputnik o chefe da rede de direitos humanos na Síria, Ahmad Kazem.
Sputnik

"Neste momento os EUA estão juntando os combatentes do Daesh e outros grupos, inclusive os de Idlib, e tenta os transferir para At-Tanf e depois para Ghouta Oriental (subúrbio de Damasco), com objetivo de se contrapor ao exército sírio, que pretende liberar a região dos terroristas", disse Kazem. 


Segundo o defensor dos direitos humanos, os financiadores da Arábia Saudita ordenaram que os terroristas já localizados em Guta Oriental empreendam o máximo dos esforços para resistir às tropas de Damasco.

"Eles continuarão a atacar Damasco de forma caótica com seus morteiros", acrescentou o entrevistado.

Os terroristas, que tomaram o subúrbio oriental de Damasco, continuam a disparar contra os bairros centrais e residenciais da capital síria. Nesta qui…

Rússia incorpora três novos bombardeiros táticos

O regimento aéreo do Distrito Militar Sul da Rússia recebeu três novos caças bombardeiros táticos Su-34, informou nesta quinta-feira o serviço de imprensa do distrito.


Sputnik

Anteriormente, a companhia Sukhoi informou haver entregue ao Ministério da Defesa o primeiro lote de bombardeiros Su-34 conforme o programa nacional de fabricação de armamentos.


Bombardeiros táticos Su-34
© Sputnik/ Host Photo Agency / Vladimir Vyatkin

"Um primeiro lote de três Su-34 foi entregue ao regimento aéreo do Distrito Militar Sul, localizado na província de Rostov", dizia a nota.

O serviço técnico do regimento comprovou o funcionamento de todos os sistemas dos novos Su-34, que é um bombardeiro da geração 4+, destinado a ataques de alta precisão contra alvos em terra e no mar, em quaisquer condições meteorológicas.

O avião combina as características de um caça pesado, um interceptador e um bombardeiro. Seus equipamentos eletrônicos permitem detectar alvos localizados a até 120 quilômetros, acompanhar dez deles ao mesmo tempo e atacar quatro simultaneamente.

É possível acoplar até oito toneladas de armamentos no Su-34, que tem um canhão de 30mm. Sua velocidade máxima alcança os 1.900 k/h e tem uma autonomia de voo de 4 mil quilômetros.


Postar um comentário