Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

No decorrer da operação Ramo de Oliveira será criada zona de segurança na Síria

O primeiro-ministro turco Binali Yildirim anunciou a criação, durante a operação militar turca na província síria de Afrin, de uma faixa de segurança de 30 quilômetros.
Sputnik

O premiê, citado pela emissora Haberturk, adiantou também que a operação seria efetuada em quatro etapas.


"A operação vai decorrer em 4 etapas com o objetivo de criar uma faixa de segurança de 30 quilômetros, que será limpa de terroristas", disse o político, citado pela emissora NTV.

Yildirim adiantou que até agora não há mortos ou feridos entre o contingente turco que realiza a operação.

Mais cedo, o Estado-Maior da Turquia anunciou o início da operação "Ramo de Oliveira" contra os grupos curdos na província síria de Afrin, que começou precisamente às 14h00 locais (12h00 no horário de Brasília). De acordo com a entidade militar, a operação conta com a participação de 72 aviões, enquanto 108 dos 113 alvos planejados já foram eliminados. Há poucos dias, o premiê turco, Binali Yildirim, havia avanç…

A OSCE registrou mais de 140 explosões perto de Donetsk

Os observadores da Missão Especial de Observação da OSCE na Ucrânia registraram nesta quinta (11) mais de 140 explosões perto da estação ferroviária de Donetsk, de acordo com um relatório publicado pela missão neste sábado (13).


Sputnik

"A partir do posto de observação do Centro Conjunto para Controle e Coordenação localizado perto da estação ferroviária de Donetsk, a Missão viu e ouviu 142 explosões de armas não especificadas e 34 explosões de canhões anti-aéreos", diz o documento datado de 12 de Junho.


Observadores da OSCE em Donetsk
© Sputnik/ Sergei Averin

Os bombardeios mais fortes foram identificados nas áreas de Marinka e Krasnogorovka, perto de Donetsk.

Além disso observadores denunciaram o não cumprimento da trégua, principalmente referindo-se à área do aeroporto de Donetsk.

Na semana passada, as partes envolvidas no conflito relataram um aumento nas hostilidades no leste da Ucrânia.

No momento em Donbass está em vigor uma trégua acordada em 12 de fevereiro em Minsk pelo Grupo de Contato Trilateral (composto por Rússia, Ucrâniae OSCE).

Segundo a ONU o conflito já causou cerca de 6.500 mortes de civis e militares bem como mais de 16.000 feridos.


Postar um comentário