Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Super Tucano em teste pela Força Aérea dos EUA sofre acidente

Queda sem causa ainda definida é má notícia para a fabricante brasileira, que disputa concorrência com americanos
Igor Gielow | Folha de S.Paulo

Um turboélice A-29 Super Tucano, fabricado pela Embraer, caiu durante um exercício de ataque leve conduzido pela Força Aérea dos EUA em um campo de provas do Novo México, na sexta (22).

Dois tripulantes conseguiram se ejetar. Segundo comunicado da base de Holloman, um dele se feriu levemente e foi medicado, enquanto não há detalhes do estado do segundo. A causa do acidente não foi divulgada.

O avião participa da fase final da competição para fornecimento de aviões leves para missões de ataque a solo e reconhecimento. Inicialmente, os EUA querem adquirir 15 unidades, para depois expandir a até 120. Elas servirão para substituir o famoso A-10 Warthog (Javali, em inglês), um modelos subsônico a jato fortemente armado e blindado que opera desde 1977.

Os americanos estão procurando opções mais econômicas para a missão. Enquanto um A-10 tem sua hora-voo…

China prende militares de alto escalão e ex-executivo estatal por corrupção

O presidente chinês Xi Jinping alertou que os problemas com a corrupção são tão graves que poderiam ameaçar as estruturas do Partido Comunista, que comanda o país


Veja

Prosseguindo sua cruzada contra a corrupção, a China informou nesta terça-feira que prendeu dois militares de alta patente e um ex-alto funcionário de uma companhia estatal. Agora eles são as mais recentes autoridades atingidas pela campanha do governo moralizar a administração pública. Qi Dacai, ex-vice-presidente da estatal Companhia da Rede Elétrica do Sul da China foi preso por suspeita de suborno. Ele comandava operações e contratos milionários e é acusado de ter aceitado pagamentos para facilitar a subcontratação de outras companhias para beneficiar seus amigos empresários.

Xi Jinping, Presidente da República Popular da China
Xi Jinping, Presidente da República Popular da China (Jason Lee/Reuters)

A procuradoria comunicou que a investigação ainda está em andamento e, por isso, não pode fornecer mais detalhes. A Companhia da Rede Elétrica do Sul da China não respondeu a um pedido de comentários feito pela agência Reuters. Este ano o Partido Comunista tem investigado a corrupção em várias grandes estatais, incluindo a Companhia da Rede Elétrica do Sul da China, a Corporação de Investimentos em Energia na China e a Corporação Estatal de Tecnologia em Energia Nuclear.

Militares 

O Ministério da Defesa da China informou que mais dois ex-comandantes de alto escalão estão sendo investigados por suspeita de corrupção. Em breve comunicado, o ministério relatou que Kou Tie, ex-comandante da região militar de Heilongjiang, no norte da China, foi colocado sob investigação em novembro passado por "violações graves de disciplina". Ele foi entregue à procuradoria militar no mês passado. O outro militar autoridade foi identificado como Liu Zhanqi, ex-comandante da divisão de comunicação da força paramilitar Polícia Armada do Povo, também suspeito de "violações graves de disciplina", termo normalmente utilizado para descrever a corrupção. Ele também foi entregue no mês passado à procuradoria militar.

Em sua luta contra a corrupção, o presidente chinês, Xi Jinping, prometeu ir atrás dos poderosos "tigres", bem como das humildes "moscas", alertando que o problema é tão grave que poderia ameaçar as estruturas do partido único que comanda. Vários altos funcionários foram destituídos e presos, incluindo o ex-chefe de segurança nacional Zhou Yongkang, já aposentado, e que foi um dos mais poderosos homens da China. Ele foi condenado à prisão perpétua na semana passada após um julgamento secreto.

Postar um comentário

Postagens mais visitadas