Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Exército sírio retoma base aérea de Abu al-Duhur controlada por militantes desde 2015

O exército sírio expulsou os terroristas do aeródromo de Abu al-Duhur, na província de Idlib, que estava sob controle de grupos armados ilegais desde setembro de 2015, informou o Ministério da Defesa russo.
Sputnik

"Como resultado da ofensiva, as tropas sírias expulsaram os radicais do aeródromo de Abu al-Duhur que estava sob controle de grupos armados desde setembro de 2015", diz-se no comunicado do ministério russo.


O ministério também informou que as forças governamentais sírias cercaram uma grande concentração de terroristas da Frente al-Nusra (grupo terrorista proibido na Rússia) na província de Idlib.

Segundo o comunicado, as unidades de ataque das tropas governamentais, lideradas pelo general sírio Suheil Hassan, juntaram-se às forças da milícia e realizaram uma ofensiva ao longo da rodovia Aleppo-Hama.

Desta maneira, segundo o ministério russo, foi posto fim ao cerco de uma grande concentração da Frente al-Nusra na parte oriental de Idlib.

Em 10 de janeiro, uma fonte infor…

Índia e China demonstram interesse em adquirir o novo tanque russo Armata

Após o desfile de novos armamentos pesados russos, durante a parada de 9 de maio, por ocasião dos 70 anos da Vitória na Grande Guerra Patriótica, os tradicionais parceiros de Moscou na área de cooperação técnico-militar demonstraram interesse em adquirir o tanque Armata, informou o assessor do presidente Putin, Vladimir Kozhin.


Sputnik

“Foi manifestado o interesse. Os equipamentos são novos e caros. Na maior parte, se trata de nossos parceiros tradicionais como Índia, China e países do Sudeste Asiático”, afirmou Vladimir Kozhin em entrevista aos jornalistas.


T-14 Armata durante o ensaio para a Parada da Vitória em Moscou
T-14 Armata © Sputnik/ Mikhail Voskresensky

A autoridade explicou que os armamentos servirão, em primeiro lugar, para equipar as forças armadas da Rússia e somente depois começarão a ser vendidos para outros países. Segundo Kozhin, entretanto, os compradores estrangeiros de armas e equipamentos russos, demonstram estar satisfeitos com os atuais contratos, apesar do interesse em versões modernizadas.

Para ter mais detalhes, a Sputnik falou com o especialista militar indiano, coronel Gunjan Nandy que apesar de não saber muito sobre as características do Armata, manifestou otimismo na questão da possibilidade de compra destes tanques por parte da Índia.

“Tenho certeza que nós, Índia, podíamos [comprar Armata]. Porque sempre comprávamos da Rússia. Temos [tanques] T-90. Se o Armata atender aos nossos requisitos, tenho certeza que a Índia terá interesse”

O tanque de nova geração T-14, com base na plataforma móvel Armata, desfilou no dia 9 de maio pela Praça Vermelha na parada militar em homenagem aos 70 anos do fim da Grande Guerra Patriótica, como é conhecida a Segunda Guerra Mundial na Rússia.

A principal característica do Armata que é um dos tanques mais sofisticados do mundo é uma torreta sem homens, operada remotamente a partir de uma cápsula blindada e isolada.

O exército russo deve receber 2.300 tanques Armata até o ano 2020.



Postar um comentário