Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

O Brasil tem poder de fogo para proteger a riqueza da Amazônia Azul? (VÍDEO)

Devido à enorme riqueza natural, a porção de mar sob jurisdição brasileira é também conhecida como Amazônia Azul. A área é um dos mais importantes patrimônios naturais brasileiros e é uma preocupação para o setor de Defesa. Para comentar o assunto, a Sputnik Brasil ouviu Ricardo Cabral, pesquisador da Escola de Guerra Naval da Marinha do Brasil.
Sputnik

O pesquisador falou sobre a importância comercial e estratégica, o potencial energético, científico e as obrigações internacionais do Brasil com as áreas da Amazônia Azule seu entorno. Ele também descreveu o atual estado da esquadra da Marinha brasileira, que carece de investimentos e pleiteia junto ao novo governo federal uma fatia maior do orçamento público, limitado pela Emenda Constitucional nº 95.


Foi a própria Marinha brasileira que cunhou o termo "Amazônia Azul", em referência ao tamanho da biodiversidade e dos bens naturais encontradas em sua área. No entanto, a área marítima é ainda maior do que porção brasileira da flo…

Kalashnikov exibirá novas armas no fórum Army-2015

O Consórcio Kalashnikov, mais famoso fabricante de armas de pequeno porte da Rússia, está se preparando para mostrar à indústria de defesa seus mais recentes projetos, que incluem drones, barcos de desembarque e o rifle de assalto AK-12.


Sputnik

Segundo disse o serviço de imprensa da companhia russa, em comunicado nesta terça-feira (9), os novos equipamentos serão apresentados no fórum militar Army-2015, que será realizado nos arredores de Moscou entre os dias 16 e 19 de junho e que promete reunir mais de mil empresas e fabricantes de armas.


Link permanente da imagem incorporada
AK-12

"No [fórum] Army-2015, vamos apresentar uma variedade de nossos novos produtos de pequenas armas, além de drones e embarcações de desembarque modernas", disse o diretor-geral da Kalashnikov, Alexei Krivoruchko.

A companhia também planeja exibir um novo sistema remoto de armas para ser montado no veículo resistente a minas da classe Typhoon e no barco de desembarque BK-16.




Entre as armas de pequeno porte da Kalashnikov a serem exibidas na exposição, estão a versão mais recente do rifle AK-12, assim como versões atualizadas do rifle sniper SVD-M Dragunov e do fuzil de assalto AK-74M.

Link permanente da imagem incorporada
AK-74

O Consórcio Kalashnikov foi criado em 2013 com a fusão de duas fábricas da era soviética, tornando-se assim o maior produtor de rifles e de outras armas da Rússia. A empresa exporta seus produtos para 27 países, incluindo EUA, Reino Unido, Alemanha, Noruega, Itália, Canadá, Cazaquistão e Tailândia.


Postar um comentário

Postagens mais visitadas