Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Super Tucano em teste pela Força Aérea dos EUA sofre acidente

Queda sem causa ainda definida é má notícia para a fabricante brasileira, que disputa concorrência com americanos
Igor Gielow | Folha de S.Paulo

Um turboélice A-29 Super Tucano, fabricado pela Embraer, caiu durante um exercício de ataque leve conduzido pela Força Aérea dos EUA em um campo de provas do Novo México, na sexta (22).

Dois tripulantes conseguiram se ejetar. Segundo comunicado da base de Holloman, um dele se feriu levemente e foi medicado, enquanto não há detalhes do estado do segundo. A causa do acidente não foi divulgada.

O avião participa da fase final da competição para fornecimento de aviões leves para missões de ataque a solo e reconhecimento. Inicialmente, os EUA querem adquirir 15 unidades, para depois expandir a até 120. Elas servirão para substituir o famoso A-10 Warthog (Javali, em inglês), um modelos subsônico a jato fortemente armado e blindado que opera desde 1977.

Os americanos estão procurando opções mais econômicas para a missão. Enquanto um A-10 tem sua hora-voo…

Lavrov: Irã terá S-300 russos

Encontro entre chanceleres da Rússia, Irã e China decorreu nesta quinta-feira em Moscou.


Sputnik

O acordo-quadro atingido em 2 de abril em Lausanne é essencial para um acordo final sobre o programa nuclear iraniano, declarou o chanceler russo nesta quinta-feira.


Sistemas S-300 de defesa aérea

Nesta semana, representantes do "sexteto" negociador estão realizando uma reunião em Viena (Áustria). O encontro começou ontem. Hoje, Lavrov disse o seguinte:

"Nós todos concordamos que a chave para o seu [das negociações sobre o programa nuclear iraniano] êxito está na adesão exata e precisa aos acordos básicos que foram alcançados no encontro dos ministros do "sexteto" e do Irã em Lausanne sem tentativas de sobrecarregar o processo das negociações com exigências novas, que acabam de surgir no último momento".

Portanto, todos os participantes das negociações sobre o programa nuclear iraniano precisam concertar os detalhes do acordo, frisou o ministro russo.

"A China, o Irã e a Rússia são participantes do sexteto que mantém negociações com o Irã. E seria imperdoável perder esta oportunidade de, estando juntos em um só lugar [em Moscou], discutir as negociações sobre a regulação do programa nuclear iraniano. As negociações estão já na fase final, e nós estamos convictos que todos os participantes delas precisam fazer tudo o for necessário para chegar a um consentimento sobre todos os assuntos técnicos, conforme o marco político regulador já acordado", disse o chanceler russo durante o encontro trilateral entre diplomatas da Rússia, China e Irã.

S-300

Além da libertação do seu programa nuclear, o Irã espera fornecimento dos sistemas de lançamento de mísseis S-300 russos. Após o encontro, Sergei Lavrov confirmou que o fornecimento será realizado "em breve".

"Os preparativos para o fornecimento estão sendo realizados e o fornecimento pronto estará completado", assegurou.


Postar um comentário

Postagens mais visitadas