Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Qual será resposta síria a novos mísseis 'inteligentes' dos EUA?

A cada declaração do presidente dos EUA, Donald Trump, sobre seus "mísseis inteligentes", os sistemas de defesa antiaérea sírios terão sua própria resposta de mísseis, o que foi demonstrado pelo país em 14 de abril, assegurou à Sputnik o membro do Conselho Público junto ao Ministério da Defesa da Rússia, Igor Korotchenko.
Sputnik

Mais cedo, Sergei Rudskoy, chefe da Direção-Geral Operacional do Estado-Maior das Forças Armadas russas, disse aos jornalistas que os especialistas russos tinham detectado evidências de 22 mísseis terem atingido alvos, de um total de 105 anunciados pelos EUA, na sequência do ataque aéreo dos EUA e seus aliados.


"Os mísseis podem ser 'inteligentes', mas os sistemas da defesa antiaérea podem ser eficientes, por isso, para cada míssil 'astuto' haverá um míssil guiado, o que foi demonstrado pelo ótimo treinamento profissional dos soldados sírios. Nas declarações de Trump há muita publicidade, e para cada tweet de Trump sobre seus '…

Mais de 40 navios participarão de exercício da OTAN no Báltico

A OTAN realizará nesta semana, na Polônia, uma simulação naval com participação de 40 navios, informou o Ministério de Segurança Nacional polonês.


Sputnik

"Os exercícios Baltops 15 começarão em Gdnya na sexta-feira, dia 5 de junho. (…) chegarão mais de 40 navios de 15 países", diz um comunicado publicado pelo serviço de imprensa do Ministério.


From left, Norwegian support vessel Valkyrien, Belgian mine-hunter Belis, Norwegian minesweeper Otra, Dutch mine-hunter Makkum and Estonian mine-hunter Admiral Cowen form a convoy during a NATO deployment in the Baltic Sea along the German Coast, Tuesday, April 22, 2014
© AP Photo/ Gero Breloer

O exercício, informou a fonte, contará com cinco mil militares de 17 países: Alemanha, Bélgica, Canadá, Dinamarca, Estados Unidos, Estônia, Finlândia, França, Geórgia, Lituânia, Letônia, Noruega, Holanda, Polônia, Grã-Bretanha, Suécia e Turquia.

"Em 2015, as manobras acontecerão sem a participação da Rússia", diz o texto.

Os exercícios Baltops são realizados no mar Báltico desde 1971.



Postar um comentário