Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Erdogan: exército sírio parou de avançar para Afrin

O presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, declarou que as tropas do governo sírio deixaram de avançar para a cidade de Afrin "após consultas", realizadas pelo líder turco nesta segunda-feira.
Sputnik

As tropas do governo sírio "foram realmente detidas ontem (segunda-feira)", afirmou Erdogan, segundo a agência de notícias Anadolu. Segundo o chefe de Estado, isso aconteceu "após consultas". No entanto, Erdogan não especificou à que consultas estaria se referindo.


Nesta segunda-feira, o líder turco discutiu a situação em Afrin durante conversa telefônica com seus homólogos russo e iraniano, Vladimir Putin e Hassan Rouhani.

Erdogan também afirmou que as milícias pró-governo que tentaram entrar em Afrin nesta terça-feira, e que foram repelidas pelas tropas turcas, o fizeram por iniciativa própria.

"A milícia síria decidiu entrar em Afrin por conta própria. Isso é inaceitável e não ficará sem resposta", alertou Erdogan.

Anteriormente, a imprensa infor…

Máquina do Inferno surpreende aficionados em armamentos

O Fórum Internacional Técnico-Militar Army-2015, que aconteceu recentemente na região de Moscou, continua a surpreender os aficionados em armamentos como muitas as armas que foram reveladas ao público: uma delas é o novo veículo multiuso de colocação de minas da Rússia UMZ-K, apelidado de Máquina do Inferno.


Sputnik

O automotor foi projetado para instalar minas terrestres antipessoas, antiparaquedistas e antitanques. O UMZ-K difere de seu antecessor, o UMZ, em primeiro lugar, por seu chassi. O anterior era montado sobre um caminhão ZIL-131B. O novo sistema é baseado em um KamAZ-63501.


UMZ-K
UMZ-K © otvaga2004

Este caminhão utilitário pesado é membro da família Mustang e um dos maiores da linha KamAZ. De design inteiramente convencional, trata-se de uma versão renovada do anterior com um aumento da capacidade de carga útil de 15 mil kg.

Na plataforma do caminhão, ficam seis lançadores múltiplos de carga rotativos com mecanismos de elevação fixos. Em batalha, este equipamento é apontado para cima. O ângulo de inclinação chega a 50 graus, enquanto a sua cobertura horizontal é de 90 graus. A carga é de 180 minas.

Os campos minados que a Máquina do Inferno cria tem 15 metros de profundidade e cobrem uma extensão de 240 metros. Sua velocidade de colocação de minas é de até 40 km/h. A tripulação operacional consiste de duas pessoas.



Postar um comentário