Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Força Aérea israelense anuncia estreia global do caça F-35 em combate

Israel foi o primeiro país ao qual os Estados Unidos autorizaram a venda do caça invisível
Juan Carlos Sanz | El País
Jerusalém - A Força Aérea de Israel revelou nesta terça-feira que foi a primeira a utilizar em combate o F-35, o ultramoderno caça furtivo indetectável para os radares inimigos. O chefe da aeronáutica israelense, general Amikam Nirkin, fez o comunicado aos comandantes das forças aéreas de vários países reunidos ao norte de Tel Aviv.

O general Nirkin mostrou a seus colegas – procedentes dos EUA, Itália, França, Índia e Brasil, entre outros países – a imagem de vários F-35 sobre Beirute, enquanto confirmava que esses aviões tinham participado de ataques em duas frentes.

“O esquadrão do F-35 está em operação e já sobrevoa todo o Oriente Médio”, afirmou o chefe da força aérea.

Nirkin reiterou que, há duas semanas, a Guarda Revolucionária iraniana disparou 32 foguetes contra as Colinas de Golã, planalto sírio ocupado por Israel desde 1967 e que, em resposta à agressão, a aviação…

Marinha injeta R$ 1,3 milhão na EMGEPRON para que ela atue em programas estratégicos

Poder Naval

A Diretoria de Gestão de Programas Estratégicos da Marinha (DGePEM) contratou a Empresa Gerencial de Projetos Navais (EMGEPRON), a 1º de junho último, para a prestação de serviços de apoio técnico-administrativo em sua área de programas estratégicos.




O contrato tem validade de um ano e valor total pouco superior a 1,3 milhão de Reais.

A contratação acontece no momento em que a EMGEPRON está conhecendo o seu novo diretor-presidente, o vice-almirante da reserva Francisco Laranjeira, que já se apresentou na empresa mas só assume o novo cargo na primeira quinzena de julho.

A DGePEM é uma organização militar sediada em Brasília (DF), com semi-autonomia administrativa, subordinada à Diretoria-Geral do Material da Marinha (DGMM). Parte de sua estrutura está localizada no Rio de Janeiro, de forma a atuar como órgão executivo central de gerenciamento de projetos estratégicos da Marinha, em coordenação com os Órgãos de Direção Setorial e Diretorias Especializadas, servindo de repositório do conhecimento institucional adquirido.

Quase todos os Programas estratégicos da Marinha do Brasil estão subordinados à DGePEM, exceto o Programa Nuclear da Marinha (PNM) e o Programa de Desenvolvimento de Submarinos (PROSUB), que já possuem estruturas de governança e de gerenciamento próprios.

A seguir, a medida administrativa que regula o novo vínculo da DGePEM com a EMGEPRON;

DIRETORIA DE GESTÃO DE PROJETOS ESTRATÉGICOS

EXTRATO DO CONTRATO

CONTRATO Nº 40005/2015-002/00

Processo nº 63202.000021/2015-63. Contratante: União, por intermédio da Diretoria de Gestão de Programas Estratégicos da Marinha (DGePEM), CNPJ 19.418.876/0001-80. Contratada: Empresa Gerencial de Projetos Navais (EMGEPRON), CNPJ 27.816.487/0001-31.

Objeto: Contratação da EMGEPRON para prestação de serviços de apoio técnico-administrativo para o desenvolvimento de programas estratégicos. Fundamento Legal: Lei nº 8.666/1993. Vigência: 01/06/2015 a 31/05/2016. Valor estimado do Contrato: R$ 1.369.488,00 (um milhão trezentos e sessenta e nove mil quatrocentos e oitenta e oito reais). Data de Assinatura: 01/06/2015.



Postar um comentário