Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

O Brasil tem poder de fogo para proteger a riqueza da Amazônia Azul? (VÍDEO)

Devido à enorme riqueza natural, a porção de mar sob jurisdição brasileira é também conhecida como Amazônia Azul. A área é um dos mais importantes patrimônios naturais brasileiros e é uma preocupação para o setor de Defesa. Para comentar o assunto, a Sputnik Brasil ouviu Ricardo Cabral, pesquisador da Escola de Guerra Naval da Marinha do Brasil.
Sputnik

O pesquisador falou sobre a importância comercial e estratégica, o potencial energético, científico e as obrigações internacionais do Brasil com as áreas da Amazônia Azule seu entorno. Ele também descreveu o atual estado da esquadra da Marinha brasileira, que carece de investimentos e pleiteia junto ao novo governo federal uma fatia maior do orçamento público, limitado pela Emenda Constitucional nº 95.


Foi a própria Marinha brasileira que cunhou o termo "Amazônia Azul", em referência ao tamanho da biodiversidade e dos bens naturais encontradas em sua área. No entanto, a área marítima é ainda maior do que porção brasileira da flo…

Putin e Mattarella: Europa paga preço alto demais por conflito na Ucrânia

O presidente russo, Vladimir Putin, conversou com seu colega italiano, Sergio Mattarella, sobre as consequências do conflito ucraniano, afirmou o porta-voz do Kremlin.


Sputnik

O presidente russo, Vladimir Putin, encontrou-se nesta quarta-feira com o presidente italiano, Sergio Mattarella, o primeiro-ministro da Itália, Matteo Renzi, e com o Papa Francisco.


Russian President Vladimir Putin, left, and Italian President Sergio Mattarella at their meeting in Rome, June 10, 2015
Vladimir Putin e Sergio Mattarella © Sputnik/ Aleksey Nikolskyi

"Putin falou detalhadamente sobre a origem, o andamento e os futuros cenários possíveis no conflito ucraniano. De modo geral, os dois lados concordaram que, infelizmente, todos lados, sem exceção, e todos países na Europa pagam um preço alto demais pelo conflito ucraniano", relatou o porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov.

O presidente russo e os líderes italianos discutiram a necessidade de se manter o atual nível de cooperação bilateral, não deixando que a relação entre Rússia e Itália seja afetada por fatores externos políticos.

"Eles discutiram a necessidade de manter o atual padrão das relações bilaterais em todas esferas, não permitindo que essas relações se tornem reféns de várias dificuldades que estão sendo testemunhadas atualmente", completou Peskov.



Postar um comentário

Postagens mais visitadas