Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Marinha do Brasil simula resgate de civis em área de conflito ou desastre natural (VÍDEO)

A Marinha do Brasil realizou entre os dias 6 e 14 de novembro a Operação Atlântico, na praia de Itaoca, no Espírito Santo. A simulação deste ano treinou os oficiais para casos em que houvesse resgate de civis em uma área de conflito armado ou que foram alvos de desastres naturais.
Sputnik

Era por volta de 5h40 do dia 10 de novembro, um sábado, ainda estava amanhecendo, quando o Almirante Paulo Martinho Zucaro, Comandante da Força de Fuzileiros da Esquadra, olhou e disse para a reportagem da Sputnik Brasil: "É guerra".


A declaração foi dada para explicar os motivos de se realizar um treinamento deste porte mesmo em condições extremamente desfavoráveis. A chuva era forte, as ondas na beira da praia atingiam 1,5 metros e os ventos chegaram a 20 km/h. O nível de dificuldade preocupava o alto comando, mas não foi um problema para os fuzileiros e marinheiros.

Antes do amanhecer, sete Carros Lagarta Anfíbios (CLAnf) chegaram à praia e deram início ao desembarque. Após eles chegarem foi…

Soldados russos terão exoesqueleto

Construtores preparam mais uma inovação para o exército russo.


Sputnik

Em 2025, os soldados do exército russo serão ainda mais fortes e resistentes. Segundo o diretor-geral da empresa de construção Tochmash, Dmitry Semizorov, está sendo elaborado um novo tipo de equipamento militar de terceira geração que incluirá um exoesqueleto."O equipamento militar do militar de terceira geração seguirá no sentido da integração de diferentes meios biomecânicos, inclusive exoesqueletos", disse Semizorov durante o fórum internacional Army 2015, que está tendo lugar na cidade de Kubinka, na região de Moscou.


Soldados testam equipamento Ratnik em 2012
© Sputnik/ Aleksei Filippov

O equipamento militar de fabrico russo de segunda geração, o Ratnik, ainda não inclui exoesqueleto. Ratnik significa, em tradução livre, "guerreiro" e inclui armas modernizadas, meios de proteção eficientes e mais confortáveis, meios de inteligência e comunicação sofisticados.

Em 2015 e 2016, as Forças Armadas russas planejam comprar até 100 mil unidades deste equipamento.

O novo equipamento cuja criação foi anunciada pela Tochmash já foi batizado preliminarmente de Ratnik 2. Estima-se que, dentro de 15 anos, todos os soldados russos poderão ser equipados com ele.


Postar um comentário

Postagens mais visitadas