Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

ONG: EUA mobiliza terroristas no sul da Síria para atacar Ghouta Oriental

Os militares norte-americanos estão mobilizando combatentes de diversos grupos armados com objetivo de atacar os subúrbios orientais de Damasco, disse à Sputnik o chefe da rede de direitos humanos na Síria, Ahmad Kazem.
Sputnik

"Neste momento os EUA estão juntando os combatentes do Daesh e outros grupos, inclusive os de Idlib, e tenta os transferir para At-Tanf e depois para Ghouta Oriental (subúrbio de Damasco), com objetivo de se contrapor ao exército sírio, que pretende liberar a região dos terroristas", disse Kazem. 


Segundo o defensor dos direitos humanos, os financiadores da Arábia Saudita ordenaram que os terroristas já localizados em Guta Oriental empreendam o máximo dos esforços para resistir às tropas de Damasco.

"Eles continuarão a atacar Damasco de forma caótica com seus morteiros", acrescentou o entrevistado.

Os terroristas, que tomaram o subúrbio oriental de Damasco, continuam a disparar contra os bairros centrais e residenciais da capital síria. Nesta qui…

Soldados russos terão exoesqueleto

Construtores preparam mais uma inovação para o exército russo.


Sputnik

Em 2025, os soldados do exército russo serão ainda mais fortes e resistentes. Segundo o diretor-geral da empresa de construção Tochmash, Dmitry Semizorov, está sendo elaborado um novo tipo de equipamento militar de terceira geração que incluirá um exoesqueleto."O equipamento militar do militar de terceira geração seguirá no sentido da integração de diferentes meios biomecânicos, inclusive exoesqueletos", disse Semizorov durante o fórum internacional Army 2015, que está tendo lugar na cidade de Kubinka, na região de Moscou.


Soldados testam equipamento Ratnik em 2012
© Sputnik/ Aleksei Filippov

O equipamento militar de fabrico russo de segunda geração, o Ratnik, ainda não inclui exoesqueleto. Ratnik significa, em tradução livre, "guerreiro" e inclui armas modernizadas, meios de proteção eficientes e mais confortáveis, meios de inteligência e comunicação sofisticados.

Em 2015 e 2016, as Forças Armadas russas planejam comprar até 100 mil unidades deste equipamento.

O novo equipamento cuja criação foi anunciada pela Tochmash já foi batizado preliminarmente de Ratnik 2. Estima-se que, dentro de 15 anos, todos os soldados russos poderão ser equipados com ele.


Postar um comentário