Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Primeiro voo do Aero L-159T2

A Aero Vodochody realizou o primeiro voo do treinador a jato L-159T2 de dois lugares em 1º de agosto. O voo de 30 minutos foi conduzido pelos pilotos de testes da empresa Vladimír Kvarda e David Jahoda.
Poder Aéreo

A Força Aérea Tcheca encomendou três exemplares em 2016, que devem ser entregues até o final deste ano. As aeronaves L-159 são operadas pelas forças aéreas tcheca e iraquiana, pela empresa americana Draken International e, no passado, foram alugadas pela Força Aérea Húngara para treinamento de pilotos.

Estas novas aeronaves de assento duplo T2 têm uma fuselagem central e dianteira recém-construída e apresentam várias melhorias significativas, principalmente em equipamentos de cockpit e sistema de combustível, e são totalmente compatíveis com o NVG. Cada cockpit é equipado com duas telas multifuncionais e um assento de ejeção VS-20 atualizado. A aeronave também pode oferecer uma capacidade de reabastecimento sob pressão. O radar GRIFO, já em uso na versão de um único assento, a…

Veículos militares misteriosos avistados na fronteira húngaro-ucraniana

O site de notícias húngaro Karpathir.com publicou várias fotos nesta terça-feira (9) de um suposto comboio da OTAN concentrado na fronteira entre a Hungria e a Ucrânia.


Sputnik

Os veículos alinhados na cidade fronteiriça húngara de Zahony na terça-feira à tarde incluíam Hummers e variantes polivalentes dos caminhões de logística com oito rodas HEMTT do exército americano. Alguns deles tinham lonas sobre a sua carga. 


Veículos militares na fronteira húngaro-ucraniana
© Foto: karpathir.com

A polícia fronteiriça recusou comentar o assunto dos veículos e o site Karpathir.com não conseguiu determinar o objetivo e direção do comboio.

Zahony está localizada no nordeste da Hungria e tem ligações rodoviárias e ferroviárias com a cidade fronteiriça de Chop, no oeste da Ucrânia.

Lembramos que as hostilidades no leste da Ucrânia se intensificaram nos últimos dias. Segundo relatam os representantes da República Popular de Donetsk, as Forças Armadas da Ucrânia continuam concentrando armamentos proibidos pelos Acordos de Minsk ao longo da linha de frente.


Postar um comentário

Postagens mais visitadas