Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Vídeo mostra momento do encontro do submarino argentino Ara San Juan

Profissionais que operavam um dos veículos submarinos foram os primeiros a ver em tela as imagens da embarcação, que estava desaparecida desde 15 de novembro do ano passado. Submarino foi localizado a 907 metros de profundidade.
Por G1

Um vídeo divulgado neste domingo (18) mostra as primeiras imagens do submarino Ara San Juan, no momento em que profissionais da empresa Ocean Infinity o localizaram. O encontro foi anunciado pela Marinha da Argentina na madrugada de sábado.


No vídeo é possível ver quando a equipe que opera um dos veículos que fazia as buscas vê a embarcação pela primeira vez em uma região de cânions (espécie de rios submarinos), a 907 metros de profundidade, e a 600 km da cidade de Comodoro Rivadavia.

O Ara San Juan desapareceu em 15 de novembro de 2017, com 44 pessoas a bordo, e sofreu uma "implosão" no fundo das águas do Oceano Atlântico.

Segundo Enrique Balbi, porta-voz da Marinha, a proa, a popa e a vela se desprenderam do submarino e estão localizadas em uma á…

Veículos militares misteriosos avistados na fronteira húngaro-ucraniana

O site de notícias húngaro Karpathir.com publicou várias fotos nesta terça-feira (9) de um suposto comboio da OTAN concentrado na fronteira entre a Hungria e a Ucrânia.


Sputnik

Os veículos alinhados na cidade fronteiriça húngara de Zahony na terça-feira à tarde incluíam Hummers e variantes polivalentes dos caminhões de logística com oito rodas HEMTT do exército americano. Alguns deles tinham lonas sobre a sua carga. 


Veículos militares na fronteira húngaro-ucraniana
© Foto: karpathir.com

A polícia fronteiriça recusou comentar o assunto dos veículos e o site Karpathir.com não conseguiu determinar o objetivo e direção do comboio.

Zahony está localizada no nordeste da Hungria e tem ligações rodoviárias e ferroviárias com a cidade fronteiriça de Chop, no oeste da Ucrânia.

Lembramos que as hostilidades no leste da Ucrânia se intensificaram nos últimos dias. Segundo relatam os representantes da República Popular de Donetsk, as Forças Armadas da Ucrânia continuam concentrando armamentos proibidos pelos Acordos de Minsk ao longo da linha de frente.


Postar um comentário

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas